updated 10:01 PM CDT, May 24, 2018
Quinta-Feira, 24 de Maio de 2018

Invasão de privacidade

TBG instala câmera nos carros para monitorar trabalhador e ignora ofício do Sindicato

camera carro
A direção do Unificado enviou, no dia 16 de janeiro, um ofício ao Departamento Pessoal da TBG, solicitando uma reunião para esclarecimentos sobre a instalação de câmeras de filmagem nos veículos, utilizados pelos técnicos de manutenção a serviço da empresa. Passados dez dias, o Sindicato ainda não obteve uma resposta da TBG e, na sexta-feira (26.01), reencaminhou o ofício.

A colocação das câmeras, que ficam posicionadas à frente do motorista, foi decidida de forma unilateral, sem discussão com o Sindicato e nem mesmo com os trabalhadores. A situação é preocupante, já que, anteriormente, a empresa dispunha de motoristas para transportar os técnicos de manutenção. A função foi suprimida, obrigando os trabalhadores a assumirem a direção do veículo.
Se já não bastasse os técnicos acumularem a função de motorista, sem qualquer contrapartida, eles ainda passaram a ter várias obrigações como, por exemplo, arcar com as multas e se responsabilizar pela guarda segura dos veículos, mantendo-os nas garagens de suas próprias casas.

A TBG alega que a instalação de câmeras de monitoramento nos carros segue a política da Petrobrás. O Sindicato, entretanto, desconhece qualquer caso semelhante nas unidades do Sistema Petrobrás. “Esperamos que a TBG não ignore, pela segunda vez, o ofício do Sindicato e nos dê um posicionamento o mais rápido possível, para tratarmos desse assunto, já que essa medida, além de constrangedora, pode ser interpretada como invasão de privacidade”, afirmou o coordenador da Regional Campinas, Gustavo Marsaioli.
Qual é o motivo dessa “espionagem”, o que procuram ou o que temem as gerências que definiram esse procedimento? O Sindicato aguarda pelas respostas.

Via Sindipetro Unificado de SP

Mídia