updated 8:01 PM BRST, Oct 23, 2017
Terça-Feira, 24 de Outubro de 2017

Liminar conquistada pelo Sindipetro Caxias suspende cortes nos efetivos da Reduc

[Atualizado dia 19/06]

Após denúncia realizada na manhã de quarta-feira, 14, à Justiça do Trabalho, o Sindipetro Duque Caxias conquistou liminar, suspendendo a reestruturação dos efetivos mínimos da Reduc. A decisão da 6ª Vara do Trabalho de Duque de Caxias determinou que a Petrobrás apresente ao Sindicato o documento oficial do estudo de efetivo da refinaria e suspenda a sua implantação até o dia 19 de junho, quando estava prevista reunião da empresa com a FUP. Como a Petrobrás cancelou a reunião, o Sindipetro comunicou ao Ministério Público do Trabalho, que prorrogou a decisão até o próximo dia 22.

A Petrobras tem três dias para apresentar ao sindicato o estudo que realizou unilateralmente, descumprindo a Cláusula 91 do Acordo Coletivo, sob pena de multa diária. A liminar também determinou o retorno aos números mínimos de trabalhadores nas áreas operacionais que eram praticados antes da redução feita pela gerência da Reduc.

Os petroleiros da refinaria aprovaram com mais de 93% de aceitação o indicativo nacional de greve por tempo indeterminado para barrar os cortes de efetivos impostos pelos gestores.

Saiba mais:

Petroleiros da Reduc responsabilizam criminalmente gestores por redução de efetivos

Mídia