updated 10:30 PM CDT, Jun 19, 2018
Terça-Feira, 19 de Junho de 2018

Geopolítica do petróleo na pauta dos debates do FSM. Confira a agenda da FUP

  • Publicado em SOBERANIA

"Resistir é criar, resistir é transformar”. Esse é o lema do Fórum Social Mundial 2018 que começa nesta terça-feira, 13, em Salvador, com o tema “Povos, Territórios e Movimentos em Resistência”. Os debates prosseguem até sábado, 17, com mais de 1.300 atividades inscritas por diversas organizações sociais. Como nas edições anteriores, a FUP estará presente aos principais debates, pautando questões referentes à geopolítica do petróleo e da Petrobrás.

Junto com os pesquisadores do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Zé Eduardo Dutra (INEEP), os petroleiros participarão de mesas de debates nos dias 14, 15 e 16 (veja abaixo a programação), e acompanharão de perto as atividades da Tenda da CUT, cujo eixo principal será democracia e trabalho.

Um outro mundo é possível

O Fórum Social Mundial completa 17 anos de existência e se consolidou ao longo desse período em uma importante trincheira de resistência ao neoliberalismo. Nasceu em 2001, em Porto Alegre, como contraponto ao Fórum Econômico Mundial, e, desde então, reúne intelectuais, lideranças políticas e sociais do mundo todo para debater alternativas ao capitalismo e apontar caminhos para uma transformação social global.

Os organizadores do FSM esperam reunir em Salvador cerca de 60 mil pessoas de 120 países. A maior parte das atividades estará concentrada no Campus de Ondina da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Por lá passarão diversas lideranças sociais e ativistas de organizações internacionais, como o palestino Jamal Juma, da campanha BDS de boicote à Israel; Francine Mestrum, da Justiça Global Social; o ex-ministro da educação de Marrocos, Abdellah Saaf; Mattews Ban, liderança sulafricano do movimento de trabalhadores rurais; Gustave Massaih, membro fundador do movimento Maio de 68, na França; o sociólogo português, Boaventura de Sousa Santos; o filósofo do Congo, Godefroid Ka Mana Kangudie, entre outras personalidades.

Defesa da democracia

No dia 15, às 17h, será realizado o Ato em Defesa da Democracia, no Estádio de Pituaçu, com a presença de representantes das esquerdas mundiais e de ex-chefes de estados latino-americanos. Os ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, Fernando Lugo (Paraguai) e José Mojica (Uruguai) já confirmaram presença.

Trincheiras de resistência 

A Tenda da CUT, no Campus de Ondina, será o ponto de encontro e debates dos principais movimentos sindicais e sociais ao longo de todos os dias do Fórum.

Na terça-feira, 13, a já tradicional Marcha de Abertura terá início as 15h, com quatro quilômetros de percurso, saindo da Praça do Campo Grande, passando pela Avenida Sete, até a Praça Castro Alves, palco de grandes manifestações de luta e resistência baiana. 

No dia 16 de março, estão previstas grandes plenárias, como a Assembleia Mundial das Mulheres, que irá deliberar sobre as principais frentes de atuação do movimento feminista em todo o planeta, e a Assembleia Mundial dos Povos, que apontará as grandes lutas globais para a construção de agendas comuns.

No dia 17, ocorrerá a Ágora dos Futuros, a plenária final do Fórum, com a apresentação dos resultados das atividades.

Agenda da FUP no FSM 2018

Quarta-feira, 14/03

15h

Lançamento do livro "Enciclopédia do Golpe - Vol. 2 (O papel da Mídia)" com a presença da presidenta Dilma Rousseff e do Jornalista Mino Carta,

Local: Tenda da CUT (Campus Ondina da UFBA)

19h

O Petróleo como fonte indutora do desenvolvimento Regional

Debatedores: José Maria Rangel (coordenador geral da FUP), Caroline Vilain (pesquisadora do INEEP), Radiovaldo Costa (diretor do Sindipetro Bahia), Alexandre Castilho (diretor do Sindipetro Unificado de SP).

Local: Tenda da CUT (Campus Ondina da UFBA / Auditório Margarida Alves)

Quinta-feira, 15/03

17h

Análise do balanço da Petrobrás – atividade do INEEP em parceria com a revista Carta Capital, onde os técnicos do Instituto comentarão os resultados da empresa em 2017

Local: Hotel Fiesta – Salão Orquídea 2 (Av. Antônio Carlos Magalhães, 711, Pituba)

Debatedores: Rodrigo Leão (coordenador do INEEP), Eduardo Costa Pinto (pesquisador do INEEP), Sérgio Lírio (jornalista e diretor-executivo da Carta Capital), José Maria Rangel (coordenador geral da FUP).

Sexta-feira, 16/03

15h30

Seminário Internacional da Plataforma Operária e Camponesa de Água e Energia

Local: Tenda da CUT (Campus Ondina da UFBA)

Debatedores: José Sérgio Gabrielli (membro da Diretoria Técnica do INEEP e ex- presidente da Petrobrás), Izaro Basurko, mestre em desenvolvimento e cooperação internacional em membro da Ekologistak Martxan; Fabiola Latino Antezana, diretora do Sindicato dos Urbanitários no DF e secretária de Energia da Confederação Nacional dos Urbanitários (CNU), Rosalinda Hidalgo Ledesma, militante mexicana da LAVIDA (La Asamblea Veracruzana de Iniciativas y Defensa Ambiental) e Moisés Borges, dirigente do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB).

Mídia