FUP reúne-se com a Petros para discutir implementação das conquistas do ACT

Domingo, 04 Dezembro 2011 22:00
Recolhimento da complementação da RMNR para o Plano Petros, separação de massas, reabertura dos processos de repactuação e adesão ao BPO foram alguns dos pontos tratados

 Imprensa da FUP

A direção da FUP reuniu-se nesta segunda-feira, 05, com a diretoria da Petros e o presidente da Fundação, Luis Carlos Afonso, para tratar da implementação das conquistas do Acordo Coletivo 2011/2013 relativas à previdência complementar dos trabalhadores do Sistema Petrobrás. Entre os pontos destacados pela FUP, estão o recolhimento da complementação da RMNR para o Plano Petros, a separação de massas entre repactuados e não repactuados, a reabertura dos processos de repactuação e adesão ao BPO. Os dirigentes da Petros comprometeram-se a agendar nos próximos dias uma reunião com a Petrobrás para buscar agilizar a implementação dessas questões

Revisão dos benefícios pelo INSS

Outros pontos tratados pela FUP na reunião com os executivos da Petros foram as alterações que estão sendo feitas pelo INSS nos benefícios pagos pela previdência pública. A FUP discutiu a situação dos petroleiros e pensionistas cujos benefícios foram reduzidos, ressaltando que os trabalhadores não podem ser prejudicados por essas alterações. A FUP reivindicou que a Petros suspenda as revisões dos benefícios e avalie caso a caso a situação de cada aposentado e pensionista de forma a preservar o valor de seus proventos. A Petros aceitou a proposta e comprometeu-se a suspender as revisões e analisar individualmente cada processo antes de realizar qualquer alteração nos valor dos benefícios. A FUP também  cobrou um posicionamento da Petros sobre a atualização dos benefícios para os trabalhadores que se aposentaram pelo teto do INSS e estão reivindicando a correção dos valores junto à previdência pública.

 

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram