Mobilizações dão a largada na campanha salarial

Sexta, 31 Agosto 2012 16:15

FUP

 

FUP cobra antecipação da inflação e estabelece prazo até o dia 11 para Petrobrás responder pauta da categoria


Respaldada pelas mobilizações que deram a largada na campanha salarial dos petroleiros, a FUP apresentou à Petrobrás e subsidiárias nesta sexta-feira, 31, a pauta econômica que foi aprovada pela categoria na III Plenafup e referendada nas assembleias. A Federação cobrou a antecipação imediata da inflação acumulada nos últimos 12 meses e estabeleceu prazo até o próximo dia 11 para que a empresa responda às reivindicações dos trabalhadores.

FUP apresentou à Petrobrás as reivindicações da categoria

Os principais eixos da campanha salarial são 10% de ganho real e regramento das PLRs futuras. Além disso, a pauta cobra o reescalonamento do ATS, unificação do reembolso dos benefícios educacionais com base no maior valor pago pela Petrobrás, revisão do enquadramento dos anistiados, entre outras reivindicações. A FUP também cobrou as pendências do atual acordo e as reivindicações históricas, que têm reflexos econômicos para a categoria, como pagamento de todos os feriados trabalhados (extra-turno), implantação do turno na manutenção, horas extras a 150% no turno e no HA e a 200% nas paradas de manutenção, extensão para os aposentados e pensionistas dos três níveis conquistados pela ativa nas campanhas de 2004, 2005 e 2006.

Mobilizações

Seguindo o indicativo da FUP, os petroleiros realizaram nesta sexta-feira, 31, atrasos, operações padrão e outras manifestações na maioria das unidades operacionais do Sistema Petrobrás, além das bases administrativas.

Trabalhadores da Reman atrasaram a entrada do expediente

Houve mobilizações na Reman (AM); nas plataformas do Ceará; nas sedes administrativas de Natal e Mossoró (RN); no Terminal de Suape, na Refinaria Abreu e Lima e na sede administrativa de Boa Viagem (PE); em bases do Espírito Santo; na Reduc (Duque de Caxias); nas plataformas da Bacia de Campos e no Terminal de Cabiúnas (NF); na Regap (MG); na Recap, Replan, Edisp,Terminais de São Caetano, Barueri, Guarulhos e Guararema (SP); na Repar (PR) e na Refap (RS).

Mobilização na Reduc

Os petroleiros sabem que essa será uma campanha difícil e que a disposição de luta da categoria é que dará o tom das negociações.

Marcha em Brasília

No dia 05, os petroleiros se somarão ao Dia Nacional de Mobilizações da CUT, que reunirá em Brasília diversas categorias em uma manifestação conjunta com a VI Marcha Nacional pela Educação, que deverá reunir na capital cerca de 5 mil trabalhadores da educação.


CALENDÁRIO DE LUTAS


05/09 - Dia Nacional de Mobilização em Brasília
11/09 - Prazo para resposta da Petrobrás/subsidiárias
11 a 14/09 - Semana de Mobilizações pela PLR Futura
17/09 - Reunião do Conselho Deliberativo da FUP
19/09 - Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores do Setor Privado (no boletim passado, divulgamos a data errada)
22/09 - III Encontro de Mulheres Petroleiras do RN

Última modificação em Quinta, 06 Setembro 2012 11:25

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram