Semana Nacional de Mobilizações prossegue nesta quinta

Quinta, 13 Setembro 2012 19:15

 

FUP

 

As mobilizações por um acordo com ganhos reais e que garanta regras justas para as PLRs futuras prosseguiram nesta quinta-feira, 13, no Norte Fluminense, São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Bahia e Minas Gerais. Pela manhã, houve manifestações no aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos, com atrasos no acesso dos trabalhadores ao hangar de embarque dos voos para as plataformas. Na Refap (RS), houve mobilização na entrada do expediente. Em São Paulo, foram realizados atrasos de três horas na entrada dos trabalhadores da Recap e do Terminal de  Guarulho, com adesão de 100% dos petroleiros do turno e do administrativo. No Espírito Santo, as mobilizações ocorreram em Linhares, com adesão de 100% dos trabalhadores da UTGC e da área de produção de Fazenda São Rafael.

 

Petroleiros da UTG-Sul, no Espírito Santo, somaram-se às mobilizações pela campanha salarial

As mobilizações também prosseguiram em Minas Gerais e na Bahia, onde os sindicatos têm realizado atrasos no expediente desde terça-feira, 11. Hoje foi a vez dos trabalhadores da Usina de Biodiesel de Montes Claros (MG) participaram das manifestações, com adesão de 90% do turno e do administrativo. Na Bahia, as mobilizações desta quinta foram realizadas nos campos de produção de Araçás, Bálsamo e Buracica.

NoTerminal de Guarulhos (SP), os trabalhadores atrasaram o expediente por três horas

A Semana Nacional de Mobilizações foi convocada pela FUP e seus sindicatos para dar início ao calendário de lutas da campanha salarial, cujas negociações começaram na segunda-feira, 10. Amanhã, haverá novas mobilizações em outras bases da FUP e na próxima semana, o Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores do Setor Privado, que acontece na quarta-feira, 19.

Saiba como foram as mobilizações nos dias anteriores:


Terça-feira (11) - foram realizadas mobilizações no Amazonas, na Reman; em Minas Gerais, na Regap; e na Bahia, nas unidades da Transpetro, Petrobrás Biocombustível e UO Candeias.

Quarta-feira (12) - na Bahia, houve atrasos nos campos de produção de Santiago e Miranga; em Minas Gerais, as mobilizações foram na Termelétrica Aureliano Chaves; no Rio Grande do Norte, houve atrasos nos campos de Alto do Rodrigues e Estreito; no Espírito Santo, foram realizadas mobilizações na UTG-Sul e no Terminal Aquaviário de Vitória.

Todos os sindicatos da FUP assinaram o Termo de Antecipação da Inflação


Todos os sindicatos da FUP já assinaram o Termo de Antecipação da Inflação, garantindo aos trabalhadores o pagamento na folha de setembro. A antecipação da inflação foi reivindicada pela Federação e já havia sido conquistada na campanha do ano passado. Nesta quinta-feira, 13, os Sindipetros Bahia, Pernambuco/Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará assinaram o Termo de Antecipação, que já havia sido assinado pelos demais sindicatos da FUP.  As negociações com a Petrobrás e subsidiárias prosseguem no dia 18, tendo como pauta o regramento das PLRs futuras. No mesmo dia, o Conselho Deliberativo da FUP reúne-se para que os sindicatos discutam novas mobilizações e outros encaminhamentos em relação à campanha salarial.

Última modificação em Segunda, 17 Setembro 2012 15:08

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram