Petroleiros prosseguem com mobilizações pela campanha salarial

Quarta, 12 Setembro 2012 18:54

FUP

 

Nesta quarta-feira, 12, os trabalhadores do Sistema Petrobrás deram continuidade às mobilizações para pressionar a empresa a responder positivamente às reivindicações da categoria. Na Bahia, foi a vez dos petroleiros dos campos de produção de Santiago e Miranga deixarem claro que estão dispostos a irem a luta por um acordo justo. Em Minas Gerais, as mobilizações ocorreram na Termelétrica Aureliano Chaves, com adesão de 70% dos trabalhadores do administrativo e 40% do pessoal do turno. No Rio Grande do Norte, os petroleiros dos campos de Alto do Rodrigues e Estreito atrasaram o expediente em até três horas.

Ontem, 11, foram realizadas mobilizações no Amazonas, na Reman; em Minas Gerais, na Regap; e na Bahia, nas unidades da Transpetro, Petrobrás Biocombustível e UO Candeias. As mobilizações têm continuidade amanhã em outras bases da FUP e prosseguem ao longo da próxima semana, com o Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores do Setor Privado, que acontece na próxima quarta, 19. A Semana de Mobilizações tem como foco principal a luta por regras claras, democráticas e justas para o pagamento e distribuição das PLRs futuras. No dia 18, haverá uma nova rodada de negociação com a Petrobrás e subsidiárias para tratar desta reivindicação. Além disso, os petroleiros lutam por ganho real e uma acordo salarial que atenda às principais reivindicações da categoria.

Oito sindicatos já assinaram o Termo de Antecipação da inflação

As negociações com a Petrobrás e subsidiárias começaram segunda-feira, 10, com a FUP cobrando cada ponto de pauta, além das pendências históricas e do atual Acordo Coletivo. A empresa atendeu à reivindicação da FUP de antecipação da inflação e propôs o pagamento pelo IPCA, cujo índice acumulado nos últimos 12 meses é de 5,24%.

Oito sindicatos já assinaram o termo o Termo de Antecipação da Inflação, garantindo aos trabalhadores o pagamento já na folha de setembro. São eles, Sindipetro-MG, Sindipetro-NF, Sindipetro Unificado SP, Sindipetro-ES, Sindipetro-RS, Sindipetro-AM e Sindipetro-PR/SC.

Veja aqui como foi a primeira reunião de negociação com a Petrobrás

Última modificação em Quinta, 13 Setembro 2012 19:22

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram