Conselho Deliberativo da Petros aprova reabertura da repactuação

Quarta, 27 Junho 2012 20:42

FUP

Em reunião nesta quarta-feira, 27, o Conselho Deliberativo da Petros aprovou a reabertura da repactuação do Plano Petros, autorizando a diretoria da Fundação a tomar todas as providências necessárias para implementação do processo. A Petros deverá agora informar a decisão a todos os participantes e assistidos, preparar o cronograma da campanha e definir o novo prazo de adesão à repactuação. A previsão é de que este período seja de 60 dias a partir de agosto ou, no mais tardar, em setembro.

Esta é mais uma conquista da campanha reivindicatória conduzida pela FUP e seus sindicatos e cuja reivindicação vinha sendo feita pela categoria desde a conclusão do processo anterior, que possibilitou a assinatura do Acordo de Obrigações Recíprocas que garantiu uma série de conquistas aos participantes e assistidos, bem como o equilíbrio financeiro do Plano Petros. A reabertura da repactuação foi também um dos principais pontos de campanha do conselheiro Paulo César Martin e de seu suplente, Danilo Silva, eleitos para a Petros com o apoio da FUP e de seus sindicatos.

Petros aprova ampliação dos prazos para empréstimo pessoal

A partir de julho os participantes e assistidos do Plano Petros e do Plano Petros-2 poderão solicitar novos empréstimos pessoais ou renovação dos contratos atuais com ampliação dos prazos. Esta é mais uma conquista fruto dos compromissos de campanha do conselheiro deliberativo da Petros, Paulo César Martin, e de seu suplente, Danilo Silva. Os novos prazos são de 90 a 120 meses.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram