FUP cobra agilidade da Petros no novo processo de repactuação

Sexta, 06 Julho 2012 11:20

FUP

A FUP reuniu-se com a diretoria da Petros no último dia 03 para discutir e acompanhar o calendário do novo processo de repactuação do Plano Petros, que já foi aprovado pelo Conselho Deliberativo. A FUP cobrou agilidade da diretoria para que o prazo de adesão seja o mais rápido possível, assim como a aprovação da separação de massas e a criação do Plano Petros para os repactuados.

Ampliar o valor dos empréstimos pessoais

A FUP também questionou os valores referentes aos empréstimos pessoais, ressaltando que  os sindicatos têm recebido uma série de reclamações dos participantes e assistidos, insatisfeitos com os baixos valores dos empréstimos. Apesar da Petros ter atendido à cobrança da FUP de ampliação dos prazos, os valores não foram elevados. Ou seja, o beneficiário tem mais tempo para pagar a dívida, mas não pode aumentar o valor do empréstimo. Há até mesmo casos de trabalhadores que não conseguiram sequer a liberação de um novo empréstimo.  A FUP cobrou a correção destas distorções e propôs que a Petros eleve o valor do teto proporcionalmente à extensão do prazo para pagamento.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram