Conselho Deliberativo da Petros aprova critérios para separação de massas do Plano Petros

Sábado, 03 Agosto 2013 09:15

FUP

Em reunião no dia 01 de agosto, o Conselho Deliberativo da Petros, por maioria, aprovou os critérios para a separação de massas do Plano Petros, entre participantes e assistidos repactuados e não repactuados. A segregação patrimonial obedecerá a proporção das provisões matemáticas (compromissos do Plano) apuradas entre essas duas massas.

Após a divisão do Plano Petros, os repactuados e não repactuados ficarão em planos distintos, mas que terão os mesmos regulamentos, respeitando e preservando seus direitos individuais. Ambos os planos terão patrimônios superavitários em relação aos seus compromissos (pagamento de benefícios), tomando como base os resultados do Plano Petros em 31 de janeiro de 2013.

Agora, os critérios aprovados pelo Conselho Deliberativo da Petros para a separação de massas serão submetidos ao DEST e posteriormente à Previc. Só após aprovação dessas duas instâncias do governo federal é que a divisão do Plano Petros será implementada. 

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram