Chapa 1 vence eleição do Unificado com 78,2% dos votos

Sexta, 08 Agosto 2014 17:03

 

Com 1.345 votos, representando 78,2% dos votos válidos, a Chapa 1 – Unidade Nacional – venceu a eleição do Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) para o triênio 2014-2017. A Chapa 2 – Oposição A Base Presente – obteve 375 votos (21,8%). Foram computados 1.786 votos válidos, sendo 26 brancos e 40 nulos, e quórum de 55,6%.

 

A votação começou às 3h da segunda-feira, dia 4, e terminou às 17h da quinta-feira, dia 7, com 16 urnas distribuídas pelas refinarias de Paulínia (Replan) e Mauá (Recap), terminais nos estados de São Paulo, Brasília, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, termoelétricas, Fafen (Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados), no Mato Grosso do Sul, TBG (Gasoduto Brasil Bolívia), em Penápolis, Campinas e Hortolândia, nos escritórios administrativos da Petrobrás, em São Paulo e no Rio de Janeiro, e nas sedes regionais do Unificado, em Campinas, São Paulo e Mauá.

 

A apuração foi realizada hoje (08.08), no auditório da Regional Campinas, e durou quase quatro horas. As votações mais expressivas aconteceram nas duas refinarias, Replan , em Paulínia, e Recap, em Mauá, onde a Chapa 1 teve 620 dos 856 votos válidos.

A chapa vencedora é formada por 48 membros da direção executiva, 24 do Daesp (Departamento de Aposentados do Sindicato) e seis integrantes do conselho fiscal. Conta ainda com uma ampla representatividade territorial e, pela primeira vez, com integrantes da TBG e da Fafen.

 

O coordenador da Chapa 1, Rogério Santa Rosa, agradeceu os votos da maioria da categoria e reforçou o compromisso da direção do Unificado com os petroleiros. “Agradeço, mais uma vez, a confiança dos trabalhadores, pensionistas e aposentados que reconheceram a nossa história de luta, dedicação ao movimento e todas as nossas conquistas nesses últimos anos”, afirmou.

 

Segundo o atual coordenador do Unificado, Itamar Sanches, ainda há muitos desafios pela frente. “Ainda temos muito por fazer e vamos continuar nossa luta para avançarmos ainda mais em defesa dos direitos dos trabalhadores”, declarou.

 

Fonte: Sindipetro Unificado-SP

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram