Trabalhadores terceirizados da Empercom recebem salários atrasados e suspendem greve

Segunda, 19 Agosto 2013 10:42

Sindipetro RN

Depois de comprovarem o pagamento dos salários atrasados relativos ao mês de julho, e do compromisso de solucionar as pendências enumeradas no “Acordo Emergencial para a Suspensão do Movimento Grevista”, os petroleiros da Empercom encerraram a paralisação iniciada em 8 de agosto. A decisão foi tomada em assembleia, realizada na terça-feira (13), na subsede do Sindipetro-RN, em Mossoró.

Na ocasião, a empresa terceirizada comprometeu-se em realizar, ainda este mês, o pagamento da PLR, Dobradinhas e Férias, e a dar um fim ao descumprimento da jornada de trabalho semanal prevista em Acordo Coletivo. As 44 horas semanais trabalhadas que deveriam ser cumpridas no período de segunda à sexta-feira, vinham sendo executadas com 40 horas de segunda à sexta-feira e mais quatro horas no sábado.

Os trabalhadores das sondas retornaram ao trabalho já nesta terça-feira e o setor administrativo volta à normalidade nesta quarta-feira (14). Como parte do compromisso assumido com os trabalhadores, a Empresa deverá combater e banir a prática de assédio moral, não retaliar a greve, e tampouco descontar os dias parados.

O movimento foi deflagrado na madrugada da última quinta-feira (08), e atingiu três sondas, localizadas no Canto do Amaro, Estreito e Macau, envolvendo cerca de 200 trabalhadores.

Publicado em SINDIPETRO-RN

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.