Assembleias: Petroleiros de São Paulo votam sobre estado de greve em defesa da Petrobrás

Quarta, 08 Julho 2015 17:58

A direção do Sindipetro Unificado-SP (Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo) iniciou na manhã de hoje (08.07) assembleias com trabalhadores para votação do estado de greve em defesa da Petrobrás. A pauta faz parte do calendário de lutas dos petroleiros, definido na 5ª Plenafup (Plenária Nacional da Federação Única dos Petroleiros), realizada entre os dias 1 e 5 de julho, na Escola Nacional Florestan Fernandes, em Guararema.

A primeira assembleia do Unificado aconteceu às 7h30 no Terminal da Transpetro de Guararema e, às 13h30, no escritório administrativo de Brasília. A programação de assembleias termina na próxima terça-feira (14.07), quando a pauta será discutida também nas sedes regionais do Sindicato, em Campinas, Mauá e São Paulo.

A pauta construída na Plenafup envolve deliberações sobre estado de assembleia permanente, estado de greve e contribuição assistencial de 2% da remuneração, dividida em duas parcelas, para a campanha em defesa da Petrobrás e do pré-sal.

A direção do Unificado incluiu na pauta de discussão com os trabalhadores da base a recomposição da diretoria do Sindicato nas regionais Campinas e São Paulo. “Vivemos um momento muito delicado, de ataques aos nossos direitos e à nossa empresa. A participação do petroleiro na assembleia é muito importante para nos posicionarmos diante da atual e perigosa conjuntura para os trabalhadores”, afirmou o coordenador da Regional Campinas do Unificado, Gustavo Marsaioli.

Lutas

Os cerca de 250 petroleiros que participaram da plenária da FUP aprovaram um amplo calendário de lutas em defesa da Petrobrás e do pré-sal, inclusive o indicativo de greve nacional. “A prioridade da categoria petroleira agora é lutar contra o PLS 131 do Serra, que quer entregar o pré-sal às multinacionais, e barrar o plano de desinvestimentos anunciado pela empresa”, destacou o coordenador da federação, José Maria Rangel.

Fonte: Sindipetro Unificado de SP

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram