Em congresso petroleiros debatem mobilização contra o golpe

Sexta, 03 Junho 2016 09:37

A Diretoria Colegiada do SINDIPETRO-RN deflagrou, nesta quarta-feira, 1º, uma rodada de assembleias e reuniões setoriais nas principais bases de empresas do setor petróleo no Estado. A agenda tem por objetivo mobilizar para a Jornada Nacional de Paralisação e Mobilização contra o Golpe e para o XXXI Congresso Estadual dos Petroleiros e Petroleiras do Rio Grande do Norte.

Aprovado pelo Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros – FUP, o indicativo de paralisação de 24 horas, programado para 10 de junho, visa integrar a categoria ao esforço dos demais trabalhadores e do povo, na luta contra os ataques à Petrobrás, ao pré-sal e aos direitos sociais e trabalhistas. A manifestação nacional é organizada pelas Frentes “Povo sem Medo” e “Brasil Popular”, e tem como palavra de ordem principal o “Fora Temer!”.

Já, o XXXI CEPETRO-RN, acontece no dia 11 de junho, no Parque da Cidade “Dom Nivaldo Monte”, em Natal. Com o tema “Em defesa da democracia, da soberania, por mais direitos e combate à corrupção”, o evento reunirá petroleiros e petroleiras da ativa, egressos de empresas públicas e privadas, aposentados, aposentadas e pensionistas sindicalizados ou sindicalizadas.

A pauta de discussões contempla uma avaliação da conjuntura política nacional e internacional; sindicalismo; situação do setor petróleo e gestão da Petrobrás; balanço das campanhas reivindicatórias 2015/2016; lutas específicas nos setores estatal e privado; e o balanço das lutas desenvolvidas no período de 2015/2016.

Os delegados/as deverão se posicionar politicamente em relação aos temas abordados e terão a incumbência de elaborar a Pauta de Reivindicações com propostas para os Acordos Coletivos de Trabalho e/ou Aditivos, visando os períodos de 2016/2017 e, quando for o caso, 2017/2018.

As deliberações do XXXI CEPETRO-RN serão encaminhadas a VI PLENÁRIA NACIONAL DA FEDERAÇÃO ÚNICA DOS PETROLEIROS – VI PLENAFUP, prevista para acontecer no período de 6 a 10 de julho de 2016, na cidade de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.

Publicado em SINDIPETRO-RN

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.