UTE Três Lagoas: por causa de gambiarra, trabalhadores ficam sem água

Sábado, 03 Fevereiro 2018 13:45
Avalie este item
(0 votos)

 

Uma gambiarra, que era pra ser uma medida paliativa, acabou virando solução definitiva para o fornecimento de água na UTE LCP, em Três Lagoas (MS). Como todo “quebra-galho” sempre dá problema, no início desta semana os trabalhadores ficaram quase um dia e meio sem uma única gota de água potável nas torneiras, nas descargas e nos chuveiros.

O reservatório principal da termelétrica é abastecido por um poço interno, que possui processos de filtragem e cloração. Há meses, porém, a bomba do poço está sem operar e o reservatório está sendo cheio com água do tanque de combate a incêndio. Para viabilizar o abastecimento, mangueiras de incêndio foram alinhadas à caixa d’água e o que era pra ser provisório foi mantido em funcionamento. 
Na noite de segunda-feira (29), essas mangueiras romperam, interrompendo o fornecimento de água para o reservatório principal e deixando toda a termelétrica sem água potável. As mangueiras foram remendadas por volta das 13h do dia seguinte, mas voltaram a romper à noite. O problema só foi restabelecido na quarta-feira à tarde. A situação era tão deplorável, de acordo com os trabalhadores, que não havia nem água suja para a descarga dos banheiros. 

SindipetroUnificado-SP

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram