Sindipetro cobra e gerência garante que hibernações das Fafens BA e SE estão suspensas

Terça, 16 Outubro 2018 15:14
Avalie este item
(0 votos)

Em reunião com o Gerente Geral Wilson Macedo, no dia 08/10, o Sindipetro Bahia foi informado que estão suspensas as hibernaçoes da FAFEN-BA e a FAFEN-SE.. “Apesar de ser um indicativo apenas (porque a nota oficial e o detalhamento ainda não saiu), não haverá corte de carga a partir de 1° de Novembro”.

Os diretores do Sindipetro e funcionários da FAFEN Bahia, Jailton Andrade e Valter Paixão, explicam que “trata-se de suspensão apenas e não há informação de quanto tempo será suspensa. O MOBILIZA FAFEN  também está suspenso enquanto durar a suspensão da hibernação e as vagas estão garantidas nos destinos caso ocorra o fechamento no futuro, foi o que nos garantiu o gerente acompanhado de sua equipe de RH”.

O gestor informou ainda que haverá, provavelmente em novembro, um pit stop para sanar 4 gargalos de produção (101BJ, 103D, 105U e 130JC).

O Sindipetro afirmou que "não adianta suspender a hibernação das fábricas se não houver mudanças na politica de preço dos fertilizantes, já que, se não conseguirmos escoar a produção, as fábricas pararão inevitavelmente por falta de espaço".

O gerente informou também que, em breve, devem começar as transferências de ureia para o TMU, após negociação com a OGMO, acrescentando que a decisão de não vender a amônia estocada no porto de aratu é da área comercial da Sede da Companhia.

Os diretores colocaram que é a primeira vez na história da FAFEN que a capacidade é reduzida por alto estoque. 

De acordo com o gerente “está mantido o projeto de importação de amônia, que está em fase final de implantação”. Também haverá uma PPG (Parada Programada Geral) em março de 2019 pra cumprir NR13.

O Sindipetro aproveitou a oportunidade para criticar a decisão do gerente de impedir a CIPA de inspecionar o amonioduto e o tanque em aratu “esta atitude não foi correta porque afetou a autonomia da comissão que tinha a missão de avaliar questões de segurança, como é sua função”, afirmou a entidade sindical. Wilson alegou que a CIPA não tem competência pra revisar o relatório da inspeção, mas o sindicato insistiu que esse não era o objetivo da CIPA nesse caso.

Sobre a questão dos veículos da Brigada de Emergência, o gestor alegou que em todas as refinarias o condutor da VCE é o técnico de segurança e que a decisão de retirar os Inspetores de segurança da condução dos veículos foi da diretoria da ISC e não da FAFEN. Informou ainda que haverá uma reunião na sede para tratar esse assunto.

O Sindipetro Bahia cobra da Petrobrás que formalize a comunicação de suspensão da hibernação.

[Via Sindipetro Bahia]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram