Fé na luta: Petroleiros (as) da Bahia participam da Lavagem do Bonfim

Quinta, 17 Janeiro 2019 18:07

Milhares de baianos e turistas acompanharam, na manhã dessa quinta-feira, 17, o cortejo da Lavagem do Bonfim, caminhando da Conceição da Praia até a Colina Sagrada – percorrendo um percurso de 8 km.

A Lavagem do Bonfim, uma das mais tradicionais festas populares da Bahia é uma mistura do sagrado e do profano, mas com um denominador comum que é a fé.

Tem um dito popular que diz que “quem tem fé, vai a pé” até a Colina. A diretoria do Sindipetro Bahia e a categoria petroleira não só foram a pé, como carregaram faixas e cartazes proclamando a fé na luta, “pois só ela poderá garantir dias melhores e preservar os direitos sociais e trabalhistas da população brasileira”, ressaltou o coordenador do Sindipetro, Jairo Batista.  

Os petroleiros e petroleiras defenderam a Petrobrás como empresa pública e patrimônio do povo brasileiro e   também pediram paz. “O Brasil é um país onde há muita violência contra os jovens negros, mulheres e LGBT´s,  e no lugar de combater essa violência com políticas públicas, o governo federal opta por aprofundá-la, ao lançar um decreto liberando a posse de armas de fogo” lamenta o diretor da FUP, Deyvid Bacelar.

O Bonfim é uma festa linda, afirmou o diretor da CUT Bahia, Cedro Silva, “em meio às demonstrações de fé, também temos espaço para a luta política e social. Vamos seguir na resistência contra as privatizações das estatais, contra a reforma da previdência sem o debate com a sociedade e pela garantia dos direitos da classe trabalhadora”.

Tudo indica que 2019 não será um ano fácil, mas com as bênçãos do Senhor do Bonfim vai ter luta e resistência.

[Via Sindipetro Bahia]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram