Petroleiros se manifestam contra privatização em cortejo do dia 02 de julho

Segunda, 01 Julho 2019 15:36

Na maior festa cívica da Bahia, a categoria petroleira vai ocupar as ruas do Centro Histórico de Salvador para defender o Brasil, a Petrobrás, os empregos, os direitos e a soberania nacional.

Diante dos retrocessos sociais e trabalhistas e os ataques à Petrobrás, os petroleiros e petroleiras vão denunciar no Dois de Julho o desmonte da Petrobrás que está sendo feito pelo governo Bolsonaro, que tem a intenção de privatizar a estatal. Além de protestar contra a perda de direitos e a política do preço de combustíveis da Petrobrás, que está desequilibrando as finanças dos consumidores brasileiros, que estão pagando preços altíssimos do diesel, gasolina e gás de cozinha.

Para que possamos mostrar a unidade da categoria petroleira, é importante que estejamos todos juntos durante o cortejo do Dois de Julho.

Portanto, nosso ponto de encontro será no Largo da Lapinha, perto do posto de combustível, às 6h30.

[Sindipetro Bahia]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram