Quase 100% dos petroleiros da Bahia dizem não à contraproposta da gestão do Sistema Petrobrás e aprovam indicativos da FUP

Terça, 18 Agosto 2020 14:18

Por ampla maioria, os petroleiros da Bahia rejeitaram a contraproposta da gestão do Sistema Petrobrás em assembleias que aconteceram de 11 a 17/08, nas unidades do Sistema Petrobrás no estado.

Indecente, afrontosa e desrespeitosa. Esses foram alguns dos adjetivos usados pelos trabalhadores ao se referirem à contraproposta apresentada pela atual gestão da estatal. A indignação levou 98,35% dos trabalhadores a dizer não à contraproposta, 0,82% disseram sim e 0,82% se abstiveram.

Os petroleiros também referendaram a proposta da FUP  de prorrogação do Acordo Coletivo de Trabalho, enquanto durar o estado de calamidade pública e um novo acordo não for pactuado com as empresas do Sistema Petrobrás.

Na assembleia virtual que foi realizada com os aposentados e pensionistas houve alguns problemas, pois algumas pessoas não conseguiram usar  a ferramenta para votação. Mas todos que participaram demonstraram a sua indignação com a contraproposta da gestão do Sistema Petrobrás, principalmente com a tentativa da empresa de inviabilizar o funcionamento e manutenção da AMS, propondo aumentos absurdos. Participaram da assembleia 197 pessoas, sendo que 139 conseguiram utilizar corretamente a ferramenta e votaram contra a proposta da gestão da estatal, 3 votaram contra e 3 se abstiveram. Os 52 restantes foram os que não conseguiram votar.

No Torre Pituba também houve um contratempo, a assembleia foi realizada mas não houve quórum e a diretoria do Sindipetro ficou impossibilitada de computar votos. O problema é que a maioria dos trabalhadores lotados no prédio estão trabalhando em regime de home office e o sindicato está tomando as providências para que eles possam ser consultados, participando das outras  assembleias que ainda vão acontecer, uma vez que a contraproposta da gestão do Sistema Petrobrás foi amplamente rejeitada pelos petroleiros de todo o país.

Reunião do CD da FUP

A diretoria do Sindipetro Bahia participará nessa terça-feira à tarde de uma reunião do Conselho Deliberativo da FUP que fará uma avaliação dos resultados das assembleias realizadas em todo o país e definirá os próximos passos da campanha reivindicatória para a negociação do Acordo Coletivo de Trabalho e da luta em defesa do Sistema Petrobrás e pela permanência da estatal na Bahia e no Brasil.

Á noite no Encontro com a Categoria, às 19h30, no facebook e youtube, a direção da FUP irá apresentar os resultados das assembleias regionais que ocorreram em todo o país nos últimos dias e os próximos passos da negociação do Acordo Coletivo de Trabalho do Sistema Petrobrás.

Assista e participe acessando Youtube: https://youtu.be/9ojpBNCUHiw

Facebook: https://mla.bs/b1163a5a

[Via Sindipetro-BA]

Publicado em SINDIPETRO-BA

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.