Imprimir esta página

Petroleiros (as) da Bahia aprovam indicativo da FUP para o ACT

Sábado, 12 Setembro 2020 17:41

Após duas semanas de assembleias, os petroleiros e petroleiras da Bahia aprovaram o indicativo da FUP para o Acordo Coletivo de Trabalho, votando sim para a terceira contraproposta da gestão do Sistema Petrobrás.

Foram 849 votantes, sendo que 569 (67%) votaram sim, 231 (27,2%) votaram não e 49 (5,8%) se abstiveram de votar. Desses votos, 133 votos, que foram provenientes da assembleia dos aposentados, aposentadas e pensionistas, que aconteceu nesse sábado (12), serão auditados para ter certeza de que as pessoas que votaram são mesmo da categoria, se são da Bahia, e se são aposentados ou pensionistas. No entanto, matematicamente, seja qual for a mudança no número alcançado não interfere no resultado final das assembleias.

A assembleia dos (as) aposentados (as) e pensionistas aconteceu através da plataforma de videoconferência ZOOM, teve inicio às 9h do sábado (12), encerrando–se às 14h30. Durante as mais de 6 horas de assembleia, a categoria tirou dúvidas a respeito da forma de votação e da última contraproposta da estatal, deu sua opinião, ouviu os argumentos de quem era a favor e contra a contraproposta e, a maioria, depois  de ter recusado as duas primeiras contrapropostas da gestão da estatal – também seguindo o indicativo da FUP- chegou à conclusão de que o melhor no momento é a aceitação dessa última  contraproposta.

A garantia do regramento da AMS no ACT e a conjuntura política e econômica atual foram os motivos mais importantes que levaram a maioria dos (as) aposentados (os) e pensionistas a votar pela  aprovação do acordo.

Auditoria

Para garantir a lisura e transparência do processo de votação, as pessoas da categoria precisaram se cadastrar para ter direito a voto, no entanto, muitos não conseguiram realizar o cadastro. Para que ninguém deixasse de votar, a assembleia decidiu por abrir o processo de votação para todos os presentes. Os que não estavam cadastrados votaram em separado, e são esses votos que serão auditados, para que haja a garantia de que a assembleia foi composta apenas pelos (as) aposentados (as) e pensionistas, residentes na Bahia.

Durante a assembleia houve também quem não conseguiu votar através do sistema de votação. Essas pessoas puderam dar o seu voto através do  chat ou votar nominalmente declarando seu voto com o microfone aberto. Toda a assembleia foi gravada, para dirimir qualquer dúvida.

A luta continua

Na terça-feira, 15, no programa Encontro com a categoria, a FUP debaterá os próximos passos na luta contra a implantação da associação privada para gerir a AMS e a derrubada das resoluções 22 e 23 da CGPAR, bem como o fortalecimento da campanha “Petrobrás Fica” dando mais um passo no avanço da resistência contra as privatizações no Sistema Petrobrás. O programa vai ao ar ao vivo, pelo canal da FUP e do Sindipetro Bahia no youtube, com transmissão também pelo facebook das duas entidades. 

Clique aqui para ver o resultado das assembleias por unidade do Sistema Petrobrás 

Clique aqui para ver os principais pontos da contraproposta aprovada  

[Via Sindipetro-BA]

Publicado em SINDIPETRO-BA