Por unanimidade, categoria petroleira do Amazonas aprova contraproposta do ACT

Sábado, 12 Setembro 2020 22:34

Após cinco dias de assembleias, petroleiros e petroleiras do Amazonas aprovaram por  unanimidade a contraproposta do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

O Sindipetro-AM encerrou as assembleias na noite desde sábado (12) em Coari que teve 100% de votos a favor, complementando a aprovação do indicativo da FUP que seguia sendo aprovado desde o inicio das assembleias na terça-feira (8). 

 Os aposentados foram os primeiros a aprovarem o indicativo, que em seguida foi aprovado pela categoria ativa dos turnos D, A, E, B, C e do administrativo da Reman e finalizou com a categoria ativa de Coari. As assembleias ocorreram presencialmente em Manaus na sede do sindipetro e no TA em Coari, respeitando o distanciamento social e com o uso obrigatório de máscara.

A aprovação da terceira contraproposta do ACT apresentada pela gestão do Sistema Petrobrás tem entre os pontos principais a garantia de emprego para todos até 31 de agosto de 2022, mantendo a integra na Petrobrás e subsidiárias. (veja os principais pontos da contraproposta)

O Sindipetro-AM destaca que a participação da categoria nas assembleias é importante, pois amplia o debate necessário com o sindicato. E destaca também que a categoria continue firme na luta contra a privatização da Petrobrás. 

Acompanhe o Encontro com a categoria sobre o ACT 

A FUP realiza nesta terça-feira (15), o “Encontro com a categoria” que irá debater as próximas etapas na luta contra a implantação da associação privada para gerir a AMS, a derrubada das resoluções 22 e 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR) e também estratégias de fortalecimento da campanha Petrobrás Fica. 

O Encontro com a categoria ocorre ao vivo no canal da FUP no Youtube.com/fupbrasil às 17h30, horário de Manaus. A transmissão também ocorre pela página no Facebook da federação.

[Via Sindipetro-AM]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram