Petrobrás tem que fiscalizar hotéis e o cumprimento do protocolo Covid

Terça, 20 Outubro 2020 15:58

Durante a pandemia de Covid-19 a categoria petroleira vem passando por uma série de dificuldades relacionadas ao cuidado com sua saúde por parte das empresas onde trabalham. Nas últimas semanas têm chegado denúncias dos trabalhadores quanto a falta de condições de cumprimento dos protocolos de prevenção à doença.

Diversos problemas estão acontecendo ao mesmo tempo. Em alguns hotéis onde os trabalhadores ficam hospedados está tendo aglomeração para o checkin, sem distanciamento ou outro tipo de orientação.

A aglomeração poderia ser sanada com o encaminhamento de parte do pessoal para o almoço, mas os hotéis não fazem isso. As pessoas acabam sendo obrigadas a ficar aglomeradas no hall e com fome. Já houve casos de pessoas ficarem do horário de checkin até às 16h sem se alimentar.

Esse despreparo da rede hoteleira para cumprimento dos protocolos de Covid também podem ser notados na manipulação das refeições aos hóspedes. O Sindipetro-NF recebeu fotos dos alimentos sendo transportados pelas calçadas, alguns caindo no chão e sendo recolocados no carrinho e trabalhadores dos hotéis sem máscara. Todas essas situações colocam a saúde e a própria vida de todos em risco.

Trabalhadores de Macaé também relataram problemas em relação à qualidade a alimentação que é servida. Contam que há mais de 30 dias o pessoal está passando mal com a comida que é servida e que a Petrobrás já tem ciência dos fatos, entretanto até o momento não tomou atitudes junto ao hotel. 

Transporte para os aeroportos

Outro problema que tem acontecido é em relação ao transporte dos trabalhadores para os aeroportos. A Petrobrás não coloca uma quantidade de ônibus que permita o cumprimento dos protocolos de distanciamento e segurança. Os ônibus têm ficado praticamente lotados.

A diretoria do Sindipetro-NF já tem cobrado da Petrobrás uma fiscalização mais forte dos hotéis que atendem os trabalhadores na região e em paralelo irá solicitar também uma resposta na próxima reunião com o EOR.

[Sindipetro-NF]

 

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.