Petrobrás disponibiliza apoio no combate a incêndio em empresa do RN

Quarta, 06 Janeiro 2021 13:32

Equipamento da Unidade Operacional RN/CE da Petrobrás atuou no combate ao incêndio que atingiu o depósito da Indústria e Comércio de Sabão Guarani, em Mossoró, na última quinta-feira, 31/12. O sinistro ainda não teve a causa identificada.

De acordo com Edilberto Geraldo de Medeiros, engenheiro químico e responsável técnico da Guarani, a ajuda da Petrobrás foi primordial para combater às chamas. “Ter a estrutura da Petrobrás a disposição para nos ajudar no sinistro foi muito importante”, afirmou.

Segundo a nota emitida pela empresa, o fogo atingiu apenas o depósito de embalagens(caixas de papelão, filmes plásticos, rótulos e tampas). A nota ainda esclarece que não houve explosão em caldeiraria; as linhas de produção não foram afetadas e os veículos não foram atingidos.

E o principal:  nenhum colaborador saiu ferido. A empresa também destaca que o quadro de funcionário não será reduzido em decorrência desta adversidade.

A fábrica fica no quilômetro 3 da RN-117. O fogo foi controlado por bombeiros e caminhões-pipa de algumas empresas, entre elas a Petrobrás, que ajudaram no combate ao incêndio.

No dia 04 de janeiro, à direção da Industria Guarani emitiu uma nota agradecendo o apoio da Petrobrás.

“É muito confortante saber que temos a Petrobrás como uma empresa amiga, comprometida não só com o crescimento do país, mas também na ajuda ao próximo, disponibilizando recursos materiais e logísticos quando forem necessários para os cidadãos mossoroenses. Petrobrás, um orgulho para nós”. Clique Aqui e leia a nota na integra.

A empresa também estendeu os agradecimentos à Governadora, Fátima Bezerra e à Deputada Estadual, Isolda Dantas, por todo apoio que estão oferecendo a empresa desde que o fato ocorreu até o presente momento.

“E se não tivesse a Petrobrás, o estrago seria maior?”. Esse é o questionamento que o diretor da FUP e secretário-geral do SINDIPETRO-RN, Pedro Lúcio.

“A presença de uma empresa estatal do porte da Petrobrás na nossa região, além de gerar emprego, renda e desenvolvimento, ainda traz esse tipo de segurança. Qual outra empresa presente em Mossoró tem à disposição um equipamento de ponta para auxiliar num sinistro como esse? Isso também é responsabilidade social da estatal, afinal ela é patrimônio do povo!”.

O secretário continua, “por ser uma empresa controlada majoritariamente pelo governo federal, ela tem o dever de zelar e contribuir em momentos de tensão como aconteceu na Indústria Guarani. Por isso, precisamos manter a Petrobrás no nosso Estado para que além promover emprego e renda, a estatal possa ser suporte em momentos difíceis. Defender a Petrobrás pública é um dever de todas e todos”.

[Da imprensa do Sindipetro-RN]

Publicado em SINDIPETRO-RN

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.