Sindipetro-RN participa de ato pelo #ForaBolsonaro

Segunda, 01 Fevereiro 2021 14:48

No dia que o Brasil deve chegar à marca de 225 mil mortes por Covid-19, cruzes foram fixadas na grama da Praça do PAX para homenagear as vítimas da pandemia. O ato realizado nesta segunda, 1º de fevereiro, soma-se aos inúmeros protestos que acontecem em todo o país pelo impeachment do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Em Mossoró o ato simbólico foi organizado pelas centrais sindicais: CUT, CTB, CONLUTAS, Intersindical e pelas frentes: Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo. O diretor da FUP e secretário-geral do SINDIPETRO-RN, Pedro Lúcio, participou da atividade representando a categoria petroleira potiguar.

Na ação foram fixadas cerca de cem cruzes pretas por toda a praça. Uma faixa com a frase “Fora Bolsonaro Genocida” também foi usada no ato. Por volta das 10 horas da manhã os manifestantes realizaram um “adesivaço” a favor do impeachment do presidente.

Para Pedro o ato é um protesto contra a forma como o presidente vem conduzindo o enfrentamento à pandemia de coronavírus no país.

“Bolsonaro precisa responder a uma questão para a qual nos remetem as milhares de mortes por coronavírus: por que somos o segundo país em número de mortos? Por que o presidente se nega a cuidar do seu povo e minimiza os impactos da pandemia? Não dá mais! Ou ele sai ou a crise sanitária e econômica só tende a piorar”, disse o dirigente do Sindicato dos Petroleiros. 

[Assessoria de Comunicação do SINDIPETRO-RN com fotos de Ibero Hipólito]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.