Petrobras terá que pagar férias descontadas na greve de fevereiro de 2020

Segunda, 07 Junho 2021 17:33

Foi aceito pela Justiça um pedido do Sindipetro MG para  que os trabalhadores que aderiram à greve de fevereiro de 2020 tenham direito a seus dias de férias. Os dias descontados terão que ser pagos em dobro, e novos dias de férias concedidos, para compensar aqueles que foram descontados. Esses foram termos do embargo de declaração protocolado pelo jurídico do Sindipetro e aprovado pela Justiça nesta segunda (7).

Com a decisão, a empresa tem que cumprir de imediato. Ainda cabe recurso no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), por parte da empresa. 

Site do Sindipetro MG fora do ar

Como informamos, desde o dia 22 de maio o site do sindicato passa por instabilidades. Depois de alguns dias, conseguimos retomar o site, porém ainda sem o histórico de matérias a partir de fevereiro de 2019.

A diretoria e a comunicação do Sindipetro/MG estão trabalhando para voltar a ter um site atualizado e manter toda a categoria petroleira informada.

Agradecemos a compreensão de todas e todos e convidamos para acompanhar as redes do Sindipetro MG:

Twitter: twitter.com/sindipetromg

Instagram: instagram.com/sindipetromg

Facebook: fb.com/sindipetromg

[Da imprensa do Sindipetro MG]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.