Ação do Sindipetro Caxias impede Petrobrás de descontar dias da greve de 2020 nas férias dos trabalhadores

Quinta, 22 Julho 2021 19:02

Sindipetro Caxias ganha a ação de não desconto dos dias de greve de fevereiro/2020 nas férias para os empregados da Petrobrás.

Além de determinar a devolução dos valores descontados a juíza deferiu ainda tutela antecipada para o caso de algum empregado que ainda não tenha tirado férias, impedido assim a empresa de efetuar tal desconto.

Leia o trecho da decisão:

“Por todo o exposto, deve o Poder Judiciário rechaçar tal conduta patronal de desprezo ao cumprimento estrito do ajuste, não se admitindo interpretação extensiva indubitavelmente favorável à reclamada em flagrante detrimento aos interesses de seus trabalhadores.
Procede o pedido para que a acionada se abstenha de efetuar desconto dos dias de férias, ou em rescisão contratual, em decorrência da greve realizada de 01/02/2020 a 20/02/2020, a todos os seus empregados no âmbito de atuação do Sindicato Autor em Duque de Caxias, bem como para que proceda à devolução de eventuais valores descontados nas férias dos empregados em rescisão contratual, no prazo de 30 dias do trânsito em julgado, sob pena de devolução do valor em dobro, devendo, ainda, regularizar o depósito referente ao FGTS sobre a parcela. O valor devido deverá ter como base de apuração a mesma remuneração adotada para o pagamento dos demais dias de férias pagos na oportunidade.

DEFIRO a tutela de urgência para determinar que a reclamada se abstenha de efetuar desconto dos dias de ferias, ou em rescisão contratual, em decorrência da greve realizada de 01/02/2020 a 20/02/2020, a todos os seus empregados no âmbito de atuação do Sindicato Autor em Duque de Caxias, sob pena de multa diária de R$ R$2.000,00, por empregado prejudicado.”

[Da imprensa do Sindipetro Duque de Caxias]

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.