Sede do PT na Paraíba é atacada em dia de ato por Diretas Já

Sexta, 21 Julho 2017 17:29

Um dia depois do ataque armado à Frente Brasil Popular do Ceará, a sede do PT da Paraíba, em João Pessoa, foi alvo de um atentado político. Durante a madrugada, o imóvel foi arrombado e invadido. Em seu interior, os invasores promoveram destruição e vandalismo, É a terceira vez que o PT paraibano é alvo desse tipo de atentado nos últimos seis meses.

Ontem, no Ceará, também ocorreria um ato pelas Diretas Já, mas a ação dos terroristas foi tão violenta que acabou por levar à suspensão do protesto.

Já na Paraíba, o ataque foi feito justamente no dia do grande ato em defesa das Diretas Já, que conta com a mobilização de grande parte da militância e com a presença presidenta nacional do PT,  Gleisi Hoffmann.

Para o presidente estadual do partido, Jackson Macêdo, o ataque tem caráter puramente político. “Quebraram tudo e não levaram nada. Queriam apenas destruir a nossa sede e nos desmotivar para o ato”, diz.

A manifestação prevista para às 14 horas de hoje foi mantida e acabou ganhando uma adesão ainda maior, diante da repercussão e gravidade do atentado ao PT.

Convocada pela Frente Ampla pelas Diretas Já da Paraíba, a manifestação reuniu milhares de pessoas durante a tarde, no Centro da Capital paraibana.

Com informações da CUT e do PT

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram