TST anula multas que proibiam greve preventivamente

Segunda, 09 Dezembro 2019 16:13

Em decisão apertada, por 4 votos a 3, na Seção de Dissídio Coletivo do Tribunal Superior do Trabalho (TST), os recursos da FUP e de seus sindicatos foram acatados, e a decisão monocrática que impôs multas milionárias, proibindo preventivamente a greve de petroleiros, foi anulada.

Por consequência, os bloqueios de contas devem ser imediatamente suspensos, assim como deve ser restabelecido o normal repasse da mensalidade sindical.

Vale lembrar que a Petrobrás ainda pode recorrer da decisão, para o Pleno do TST.

[Via Assessoria Jurídica da FUP] 


Leia nota à imprensa


 

Última modificação em Segunda, 09 Dezembro 2019 20:13

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram