Petrobrás pretende fechar sede em Aracaju até março

Quinta, 09 Janeiro 2020 18:20

A Petrobras pretende fechar até março a sua sede da rua Acre, em Aracaju (Sergipe), transferindo as atividades ali exercidas para a Base da estatal no município de Carmópolis. A informação foi dada pelo ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, em resposta a requerimento do deputado federal Fábio Henrique (PDT/SE) indagando se a petrolífera está indo embora de Sergipe. “Quanto à suposta saída da Sede Administrativa da Petrobras de Sergipe e encerramento de operações da Companhia neste mesmo Estado reitera-se que, no momento, tal tema não está em discussão”, afirma o ministro.

Por sua vez, a Petrobras informou ao deputado Fábio Henrique que vem implementando esforços para a redução de seu endividamento, hoje em torno de 90 bilhões de dólares, e a gestão predial é uma das estratégias que a empresa tem adotado. “A otimização de custos em processos e atividades, um esforço das equipes de trabalho que atendem diretamente aquela unidade em um único ambiente, para melhor alcance de resultados, buscando maior eficiência, racionalidade e sustentabilidade do negócio”, detalhou o documento enviado pela estatal ao parlamentar sergipano.

Segundo Fábio Henrique, Sergipe é um produtor de petróleo e com grandes descobertas de reserva de gás natural. “Não concordamos com a redução das atividades no Estado, que é considerado referência em exploração e produção de petróleo em águas profundas e ultraprofundas. Diante da resposta oficial sobre a desativação da sede da rua Acre, o deputado prometeu conversar com o coordenador da bancada federal sergipana para que haja uma ação coletiva: “Espero, sobretudo, contar com o apoio de todos os colegas congressistas, principalmente daqueles que compõem a base governista, para impedir que a Petrobrás feche às portas em Sergipe”, finalizou Fábio.

[Via SE Notícias]

Última modificação em Quinta, 09 Janeiro 2020 18:27

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram