Sindipetro-RN cobra medidas de segurança e orienta trabalhadores sobre riscos à saúde

Terça, 24 Março 2020 16:20

É de conhecimento de todos que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia mundial do Coronavírus (COVID-19). No Brasil centenas de casos já foram confirmados e a projeção é que os números de contaminação cresçam exponencialmente nos próximos dias.

Diante da situação, o Sindicato dos Petroleiros e Petroleiras do Rio Grande do Norte  - SINDIPETRO-RN está entrando em contato com a Petrobrás e terceirizadas para cobrar medidas rígidas a fim de evitar a proliferação do vírus na categoria.

São 11 medidas a serem adotadas nos ambientes de trabalho, que já foram protocoladas e enviada via ofício para a Petrobrás:

1. Medição da temperatura corporal e triagem no início dos trabalhos diários;

2. Fornecimento de máscaras cirúrgicas e lenços;

3. Disponibilizar 3 fardamentos por trabalhador;

4. Disponibilizar material de higiene pessoal e limpeza no local de trabalho;

5. Higienização periódica do ponto eletrônico e controle para evitar aglomeração;

6. Reforçar limpeza do local e material de trabalho, em especial do coletivo;

7. Aumentar a distância entre as equipes no local de trabalho;

8. Plano de férias e horário de almoço alternado, visando reduzir aglomerações;

9. Fornecer instrução aos trabalhadores e suas famílias sobre os riscos de contaminação e como se proteger;

10. Dispensar os trabalhadores do grupo de risco, mantendo os salários;

11. Suspender local e temporariamente todas as atividades caso seja constatado estado de transmissão comunitária em alguma cidade no Rio Grande do Norte.

Além dessas medidas a serem adotadas pelas empresas, a direção do SINDIPETRO-RN também se preocupa com possíveis infecções no âmbito familiar dos trabalhadores e trabalhadoras. Partindo deste princípio, o Sindicato elaborou uma série de orientações para serem adotadas ao chegar em casa, confira:

Nos colocamos à disposição para trabalharmos juntos no combate ao avanço da doença, colocando sempre em primeiro lugar a vida, a segurança e a saúde dos trabalhadores e da comunidade.

[Via Sindipetro-RN]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram