Oito trabalhadores de P-40 desembarcaram sábado com suspeita de COVID-19

Segunda, 25 Maio 2020 16:04

Três trabalhadores da Petrobrás e cinco terceirizados (Manserv e Bureau Veritas) de P-40 desembarcaram no sábado com suspeita de COVID-19. Como os aeroportos de Campos e Macaé estão fechados, o desembarque aconteceu pelo aeroporto de Jacarepaguá.

Os trabalhadores fizeram o teste e aguardam os resultados. Todos foram hospedados em hotéis da região, com sete dias por conta da Petrobrás. Em paralelo, o Sindipetro-NF segue acompanhando os casos de COVID-19 entre os trabalhadores da Bacia de Campos e reforça a importância da emissão das CATs (Comunicação de Acidente de Trabalho) para garantia de direitos.

A hospedagem de todos os trabalhadores próprios e terceirizados por conta da Companhia é uma conquista da categoria petroleira, a partir de uma reivindicação do Sindipetro-NF, da FUP e demais sindicatos. Os trabalhadores que testarem positivo poderão cumprir a quarentena no hotel, caso prefiram.

O movimento sindical pressionou os gestores da empresa e encaminhou diversas denúncias aos órgãos fiscalizadores, incluindo a Agência Nacional de Petróleo.

É importante que todos saibam desse direito e cobrem por ele. O Sindipetro-NF reforça que os trabalhadores e trabalhadoras continuem a enviar para a entidade relatos sobre o modo como a empresa está se comportando nessa pandemia, para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

[Via Sindipetro-NF]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram