18º Confup: Diretoria da FUP é eleita com o desafio de liderar a categoria petroleira na reconstrução da Petrobrás e do Brasil

Quarta, 15 Julho 2020 14:49

[Da imprensa da FUP e do Sindipetro-BA]

Com o tema "Democracia, emprego, revolução digital", foi aberto na manhã dessa quarta-feira (15), o 18º Congresso Nacional da FUP, que devido à pandemia da covid-19, acontece de forma virtual até domingo (19).

Apesar da distância física, as delegações puderam acompanhar pela plataforma digital a apresentação em vídeo do Hino Nacional, que tradicionalmente abre o Confup e que este ano resgatou as imagens emocionantes da greve de fevereiro e as outras lutas históricas que a categoria realizou ao longo dos últimos períodos.

Em seguida, os petroleiros aprovaram a mesa diretora, o Regimento Interno do congresso e, na sequência, as teses das correntes sindicais que compõem a FUP (MLC, CTB, CSD e ArtSind) e que irão nortear os debates do Confup.

As teses reafirmam o compromisso da categoria em defesa da soberania nacional, da democracia e da Petrobrás como empresa pública integrada e com responsabilidade social, ressaltando a necessidade que essa luta seja mais ampla, abrangendo toda a classe trabalhadora. 

Diretoria foi eleita em chapa única

Ainda pela manhã, os petroleiros e petroleiras elegeram a diretoria e o Conselho Fiscal da FUP para o mandato 2020-2023, através de uma chapa única, com representações de todas as forças políticas que integram a Federação. Veja no final da matéria a relação dos novos dirigentes.

As lideranças das correntes sindicais ressaltaram a importância da unidade para fortalecer a categoria nas lutas contra o desmonte do Sistema Petrobrás e na resistência aos graves ataques que a classe trabalhadora está enfrentando.

Deyvid Bacelar, diretor do Sindipetro-BA, que havia assumido interinamente a coordenação geral da FUP, em função do licenciamento de José Maria Rangel, permanecerá no cargo, liderando as lutas da categoria petroleira. Ele ressaltou a importância da pluralidade da nova gestão para fazer frente aos ataques que os trabalhadores vêm sofrendo desde o golpe de 2016 e que foram agravados pelo atual governo de extrema direita.

“Temos inúmeros desafios, como a defesa dos direitos que estão em xeque nesta negociação coletiva, lutar para que a Petrobrás volte a ser uma empresa integrada e o papel importantíssimo de defender a democracia, pois o que se sinaliza no pós-pandemia é o agravamento da crise econômica e precisamos estar preparados para as mobilizações que teremos pela frente”, afirmou.

Muito emocionado, Zé Maria, que durante seis anos ficou à frente da coordenação geral da FUP, fez uma saudação aos congressistas, destacando a importância da entidade na luta pela recuperação do país. “A FUP sempre esteve do lado certo da história, ao lado dos lutadores e lutadoras que buscam um país melhor onde todos e todas tenham vez e voz. Tenho certeza que a Federação continuará à frente dessas grandes lutas”, declarou.

Congresso prossegue até domingo

O 18º Confup reúne 272 delegados, 40 suplentes, 32 observadores, além de assessores, jornalista e convidados, num total de 481 participantes. Os debates prosseguem até domingo, 19, com uma intensa programação, que inclui cinco painéis com transmissão ao vivo pelos canais da FUP no Youtube e no Facebook.

Veja aqui a programação completa: https://18confup.com.br/

Live com Lula

Agora à tarde, às 15h, o Confup recebe o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, no painel “Conjuntura, democracia brasileira e desafios da esquerda”. O debate contará com a participação do ex-coordenador da FUP, José Maria Rangel, das diretoras da federação, Cibele Vieira, Míriam Cabreira e Fafá Viana e do atual coordenador, Deyvid Bacelar. Veja abaixo como acessar:

> https://www.youtube.com/fupbrasil

> https://www.facebook.com/fupetroleiros

DIRETORIA DA FUP ELEITA PARA A GESTÃO 2020/2023

Coordenação Geral

Deyvid Souza Bacelar da Silva (Sindipetro BA)  

Secretaria de Administração e Finanças

Cibele Izidorio Fogaça Vieira (Unificado SP)                                                                                   

Sérgio Borges Cordeiro (Sindipetro NF)

Secretaria de Imprensa e Comunicação

Anselmo Luciano da Silva (Sindipetro MG)                      

Tadeu de Brito Oliveira Porto (Sindipetro NF)   

Secretaria de Saúde, Segurança, Tecnologia e Meio Ambiente

Antônio Raimundo Teles do Santos (Sindipetro NF)      

Paulo Sérgio Cardoso da Silva (Sindipetro Caxias)          

Secretaria de Política Sindical e Formação

Fernando Maia da Costa (Sindipetro RS)            

Paulo Neves de Oliveira Júnior (Sindipetro AM)

Secretaria de Relações Internacionais e do Setor Privado

Gerson Luiz Castellano (Sindiquímica-PR)                                      

Pedro Lúcio Góis e Silva (Sindipetro RN)             

Secretaria de Seguridade, Aposentados e Políticas Sociais

Marise Costa Sansão (Sindipetro BA)    

Paulo César Chamadoiro Martin (Sindipetro BA)           

Secretaria de Assuntos Jurídicos, Institucionais e Terceirizados

Arthur Ragusa Guimarães (Unificado SP)                         

Mário Alberto Dal Zot (Sindipetro PR/SC)          

Suplentes:        

Acácio Viana Carneiro (Sindipetro AM)

Adson Conceição de Brito Silva (Sindipetro BA)

Alberico Santos Queiroz Filho (Unificado SP)    

Guilherme Carvalho Alves (Sindipetro MG)       

Andressa Donadio Delbons (Sindipetro Caxias)

Francisco Antônio Fernandes Neto (Sindipetro CE/PI)  

Davidson Augusto Lomba dos Santos (Sindipetro ES)   

Emanuel Antônio Menezes Pereira (Base CE/PI)            

Fátima Maria Oliveira Viana (Sindipetro RN)     

Jancileide Rocha Morgado (Sindipetro NF)        

Jordano Márcio Zanardi (Sindipetro PR/SC)      

José Genivaldo da Silva (Unificado SP)  

Leandro Nunes Baesso (Sindipetro ES) 

Luciano Santos (Sindipetro Caxias)        

Miriam Ribeiro Cabreira (Sindipetro RS)            

Conselho Fiscal

Claudio Rodrigues Nunes (Sindipetro NF)

Luiz Antônio Lourenzon (Sindipetro PE/PB)       

Rafael Crespo Rangel Barcellos (Sindipetro NF)

Suplentes:                      

Elizabete de Jesus Sacramento (Sindipetro BA)

Norton Cardoso Almeida (Sindipetro NF)           

Patrícia Jesus Silva Gonçalves (Sindipetro ES)    

Última modificação em Quarta, 15 Julho 2020 15:45

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram