Sexta de luta: participe dos atos #PetrobrasFica e em defesa da AMS

Sexta, 07 Agosto 2020 09:16

Nesta sexta-feira, Dia Nacional de Luta em defesa da vida, dos empregos e por fora Bolsonaro, a FUP e seus sindicatos participam de atos em defesa da Petrobrás e contra a privatização da AMS. As duas atividades serão realizadas virtualmente, às 10h, com transmissão pelo Youtube e Facebook.

Nas últimas semanas, a gestão da Petrobrás anunciou que está concluindo as negociações para entrega da Rlam (refinaria da Bahia), arrendou as fábricas de fertilizantes do nordeste (BA e SE), colocou à venda usinas de biodiesel junto com a subsidiária PBIO, leiloou a preço de sucata três plataformas da Bacia de Campos e está se desfazendo da Gaspetro, com 10 mil km de gasodutos e participação em 22 distribuidoras de gás natural em vários estados do pais. Tudo isso em plena pandemia.

Para unificar ações contra esse desmonte, a FUP e seus sindicatos deram início à campanha #PetrobrasFica, que já vem sendo realizada na Bahia e no Rio Grande do Norte, mas cujo lançamento nacional ocorre nesta sexta, em articulação com a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobras, presidida pelo senador Jean Paul Prates (PT/RN).

O evento foi transmitido ao vivo pela página da FUP no Facebook, com participação de lideranças partidárias e do INEEP. O economista Eduardo Pinto, professor da UFRJ e pesquisador do instituto, fará uma exposição sobre os prejuízos do processo de privatização e desintegração do Sistema Petrobras, intensificado no governo Bolsonaro e acelerado na pandemia. Veja abaixo:

Ato unitário contra a privatização da AMS

Também às 10h, os petroleiros participam de ato virtual, organizados pelas entidades que representam beneficiários da AMS, como FUP, Aepet, FNP, Apape, além de organizações sindicais de trabalhadores que lutam contra as privatizações. A manifestação será realizada às 10h, com participação de diversos parlamentares e lideranças dos petroleiros, eletricitários, correios e outras categorias que resistem ao desmonte das empresas estatais.

O ato foi transmitido pelo canal do vereador do Rio de Janeiro, Reimont, no youtube. Veja abaixo.

“Estamos caminhando para 100 mil mortes em uma pandemia que foi tratada pelo governo como gripezinha. Essa tragédia não se abateu apenas sobre as famílias das vítimas. É também uma tragédia de milhões de brasileiros sem empregos, desalentados e sem esperança. É uma tragédia da soberania nacional e da democracia. Precisamos defender a vida e isso só será possível se frearmos esse governo insano”, afirma o coordenador da FUP, Deyvid Bacelar. 

“No caso da Petrobrás e suas subsidiárias, a gestão bolsonarista está destruindo a mola mestra do desenvolvimento nacional e ataca covardemente direitos básicos da categoria, como o plano de saúde. Uma crueldade nesse momento em que os trabalhadores mais precisam da AMS ", alerta.

> Lançamento da campanha Petrobras Fica:

FacebooK: https://m.facebook.com/fupetroleiros/ 

> Ato virtual contra a privatização da AMS: 

Youtube: https://youtu.be/E-ix5VAPvmY

 

Última modificação em Sexta, 07 Agosto 2020 13:00
Publicado em Sistema Petrobrás

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram