Mobilizados, trabalhadores da PetroReconcavo aguardam resposta da empresa sobre a pauta de reivindicações

Segunda, 13 Setembro 2021 18:06

Em campanha reivindicatória, os trabalhadores da PetroReconcavo construíram a pauta de reivindicações em assembleia virtual que aconteceu no dia 6/09. No dia 8/09 esta pauta foi entregue à direção da empresa. Na sexta-feira (10) aconteceu a primeira reunião de negociação entre a PetroReconcavo e o Sindipetro Bahia.

Com uma inflação galopante que atingiu o índice de 10,42% no acumulado de setembro de 2020 a agosto de 2021, medido pelo INPC, a direção do Sindipetro Bahia está se empenhando para fechar o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2021/2022 dos trabalhadores da PetroReconcavo o mais breve possível, mantendo os atuais direitos e reajustando os itens econômicos, como tickets alimentação e refeição e os salários.

“Também queremos o compromisso da empresa de iniciar a discussão sobre um novo plano de cargos e salários que abranja toda a empresa”, afirma o Diretor do Sindipetro, Matos Júnior, conclamando os trabalhadores para que participem das assembleias propostas pelo Sindicato, sejam elas virtuais, ou em alguns casos, presenciais.

Campo de Miranga

Na reunião do dia 10, o Sindipetro também abordou a chegada da PetroReconcavo ao Campo de Miranga, com previsão estabelecida pela Petrobrás para o dia 1º de dezembro.

Os trabalhadores que contratados para trabalhar em Miranga serão, preferencialmente, aqueles que já atuam nas áreas da Petrobrás, neste mesmo campo. “As condições de trabalho serão as mesmas aplicadas pela PetroReconcavo em todos os seus contratos e para que tudo seja feito conforme o acordado, o Sindipetro vai acompanhar esta fase de transição até a instalação final da PetroReconcavo no Campo de Miranga”, explica o Diretor de comunicação do Sindipetro, Radiovaldo Costa.

Filiação

Radiovaldo também ressalta a importância da filiação ao sindicato. “Uma categoria só é forte se o seu sindicato também for”, destaca o sindicalista orientando todos aqueles que ainda não sejam filiados que façam isto e que também conversem com os colegas de trabalho para que se filiem ao Sindipetro.

“A entidade sindical oferece uma série de vantagens aos seus associados. Dentre elas, a mais importante é a proteção ao trabalhador. É a tranquilidade de saber que há uma entidade lutando por seus direitos”, afirma Radiovaldo.

Como se filar

Para se filiar, basta entrar no site da entidade sindical (www.sindipetroba.org.br) e clicar no botão filie-se que fica na parte superior do site, do lado direito. Lá você vai encontrar as fichas de filiação para quem é setor privado, da ativa ou aposentado. Baixe a ficha, preencha, assine, digitalize o documento usando um scanner e envie para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Você também pode preencher a ficha e entregar a um diretor do Sindipetro. Após a filiação, será descontado na folha de pagamento do associado o valor referente a 1% sobre a remuneração (salário base+adicionais+horas extras) em favor do Sindipetro Bahia.

• Clique aqui para baixar a ficha de filiação dos trabalhadores do setor privado de petróleo

• Clique aqui para ler a pauta de reivindicações protocolada junto à empresa

[Da imprensa do Sindipetro Bahia]

 
Publicado em Setor Privado

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.