Na quinta-feira, dia 5 de novembro, às 15h, a Fiocruz, Escola Nacional de Saúde Pública – ENSP e o DIESAT vão lançar o Questionário digital da rede de informações e comunicação sobre exposição dos trabalhadores brasileiros ao SARS-CoV-2. Trata-se de uma iniciativa muito interessante com a finalidade de estudar os dados a partir das informações do próprio trabalhador. O estudo foi aprovado por comitê de ética das instituições e resguardará o sigilo das informações. O lançamento acontecerá no canal do Diesat no youtube.

O projeto da Rede de Comunicação e Informação, visa compartilhar experiências e potencializar ações em saúde pela integração de três redes integradas e interligadas: pesquisadores, serviços e trabalhadores. Os pesquisadores terão espaço para divulgar a produção do conhecimento na área do enfrentamento à pandemia COVID-19, por meio de estudos e pesquisas, troca de experiências entre instituições para disseminação da produção científica, bem como divulgar os avanços em inovações tecnológicas e metodologias de investigação entre os membros da rede.

Os serviços terão um espaço de troca, registro dos dados e divulgação de experiências bem-sucedidas no campo da vigilância, que se constitui uma base de dados a partir das narrativas das ações no SUS, por meio de  registro e comunicação em saúde.

E os trabalhadores terão um espaço organizativo do ramo permitindo que possam informar sobre as condições em que estão realizadas atividades, o atendimento das normas e o potencial risco de exposição ao SARS-CoV-2 e interagir com as propostas e ações desenvolvidas em rede.

Um dos principais desafios colocados aos componentes da rede é construir ambiente com autonomia, democracia, ética, horizontalidade e descentralização para harmonizar a comunicação e ações de proteção à saúde dos trabalhadores.

[Com informações da imprensa do Sindipetro-NF]

O programa semanal da FUP Encontro com a Categoria aborda nesta terça-feira, 20, o parecer técnico-científico da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que comprova que a frequência dos casos de Covid-19 (expressa na incidência contaminados por 100 mil) entre os petroleiros é mais que o dobro da frequência registrada na população brasileira. 

Essa e outras questões que a FUP e os sindicatos vêm tratando nas reuniões semanais com o grupo de Estrutura Organizacional de Resposta da Petrobrás (EOR) serão abordadas na live de hoje, que começa às 19h (veja abaixo).


Leia também: > EOR: Parecer da Fiocruz reforça denúncias da FUP sobre negligência da Petrobrás no combate à Covid-19


Participam do programa os diretores da FUP, Raimundo Telles, e do Sindipetro-NF, Alexandre Vieira, a pós-doutora em Saúde do Trabalhador, Liliane Teixeira, o pós-doutor em Saúde Coletiva e Tecnologia da Fiocruz, Jorge Machado. e o presidente do Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública (Asfoc), Paulo Garrido.

O Encontro com a categoria começa às 19h, nos canais da FUP no Youtube e no Facebook

Assista diretamente aqui, se preferir: 

 [Da imprensa da FUP]

Publicado em Sistema Petrobrás

O coordenador da FUP, Deyvid Bacelar, e o economista Cloviomar Cararine, responsável pela Subseção do Dieese da federação, participam nesta segunda, 17, da aula inaugural do Programa de Formação em Saúde, Trabalho e Ambiente na Indústria do Petróleo, promovido pelo Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Fiocruz (Cesteh/Ensp). Veja abaxo a transmissão.

Junto com outros convidados, eles estarão no painel “A conturbada conjuntura do setor petróleo no Brasil: um olhar sob a perspectiva dos trabalhadores”, que está sendo transmitido ao vivo pela escola. O coordenador da FUP representa também a bancada dos trabalhadores na Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz).

A mesa está sendo mediada pelo pesquisador da Fiocruz e coordenador do Cesteh, Luís Cláudio Meirelles, e tem participação também do Secretário Geral da FNP, Adaedson Bezerra da Costa.

O curso

O curso tem como objetivo compreender as relações entre saúde, trabalho e ambiente na indústria do petróleo, sendo destinado para trabalhadores, de ambos os sexos, que atuem na área petrolífera. Será na modalidade virtual e terá oito encontros até dezembro deste ano, sempre das 9h às 12h.
 
 
[FUP]

 

Publicado em Petróleo

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram