Empreendimentos da Economia Solidária expõem seus produtos no próximo sábado (14), na sede do Sindipetro PR e SC, em Curitiba. Será a terceira edição da Feira da Vida
 
[Da imprensa do Sindipetro PR/SC] 

Produtos de qualidade e com a marca da solidariedade serão comercializados no estacionamento do Sindipetro Paraná e Santa Catarina, no sábado (14), das 09h às 14h, em Curitiba. 

A 3ª edição da Feira da Vida voltará a reunir diversos empreendimentos ligados à economia solidária. Alimentos orgânicos, artesanato, decoração, fotografia, literatura, panificação e artigos naturais estarão à disposição do público. 

O objetivo da Feira da Vida é promover a responsabilidade social e o consumo consciente, contribuindo para o desenvolvimento das iniciativas de pequenos produtores e artesãos. 

A novidade desta vez será a opção de comprar os produtos da Feira sem sair de casa. A Rede Utopia, que reúne trabalhadores de serviços gerais, entregará as encomendas feitas por telefone ou Whatsapp. Para isso, basta entrar em contato com o Luis Pequeno (41 99711-1316).  

Cabe lembrar que o evento será ao ar livre e com o rígido respeito aos protocolos de segurança sanitária durante a pandemia, tal como o distanciamento social, fornecimento de álcool em gel, uso de máscaras e controle de público. 

Conheça os empreendimentos

 Rede de Padarias e Cozinhas Comunitárias Fermento na Massa: é composta em sua maioria por mulheres, garantindo geração de renda e empoderamento a elas. Produzem coletivamente diversos produtos artesanais como pães, bolachas, salgados. Além de bolos, salgadinhos, docinhos e artigos de festa, também atendem eventos.

► https://www.facebook.com/padariascomunitarias/

 Rede Copasol: promove agricultura familiar solidária e sustentável, integrando campo e cidade por meio do comércio justo do Empório Copasol. Trabalham com produtos orgânicos e convencionais, desde hortifrúti até laticínios, panificados e alguns alimentos processados, priorizando produtores locais, garantindo produtos de qualidade e de fácil acesso. Estará na feira represento a Copasol o projeto D' Amore - Alimentos orgânicos.

► https://www.facebook.com/emporiocopasol/

 Associação Feira Permanente: composta em sua maioria por mulheres, a Associação agrega vários grupos da economia solidária que atuam com artesanato, crochê e tricô, jardinagem e alimentação. Participam da Feira Permanente os projetos Pedacinho do Campo, Três Marias, As Arteiras, Colmeia das Artesãs e Mil Ideias.

► https://www.facebook.com/assfeirapermanente/

 Joka Madruga Fotografia: Lugar de foto é na parede! É o que pensa o fotógrafo profissional Joka Madruga, especialista em movimentos sociais e coberturas esportivas. Responsável por várias exposições fotográficas, extrai imagens artísticas de coberturas cotidianas.  

► https://www.instagram.com/jokamadruga/

Projeto Costurando Sonhos: coletivo composto por migrantes refugiados e brasileiros que produzem artesanato, costuras em geral, máscaras, uniformes para empresas, crochê, tricô e bordados. Estarão na feira representando esse coletivo os projetos Erva Doce Artesanato e Costura e Empreendimento Costurando Sonhos.

► https://www.costurandosonhosbrasil.com.br/

 Sabor y Salud: é um empreendimento familiar de 21 anos que vende sucos naturais. Inicialmente vendido no bairro onde começou, atualmente entregam em toda Curitiba. Levantam a bandeira da agroecologia, economia solidária e segurança alimentar. Seu objetivo é que mais pessoas tenham acesso a uma opção de bebida mais saudável que os refrigerantes e sucos processados.

► https://www.instagram.com/sabor.y.salud/

 Produtos da Terra PR: comercializa produtos hortifrutis orgânicos e cereais vindos de áreas da reformas agrária, como acampamentos e assentamentos, e de trabalhadores da agricultura familiar. A marca Produtos da Terra PR é gerida coletivamente pela CCA - Cooperativa Central da Reforma Agrária do Paraná e pelo empreendimento Sinergia Alimentos Saudáveis. É um dos projetos abarcados pela Rede Mandala - Rede Paranaense Campo-Cidade de Economia Solidária e tem como objetivo fortalecer o vínculo campo-cidade, conectando quem produz cooperativamente com quem consome conscientemente.

https://www.produtosdaterrapr.com.br/

 Rede Utopia: A Rede Utopia é mais um projeto que compõem a Rede Mandala. Nasceu da necessidade da união de forças para a vivência de experiências coletivas. Fazem parte os empreendimentos Sabor y Saúde e o Livreiro Maurício de Souza.

► https://www.instagram.com/redemandala/

 

O Sindicato fechou uma parceria com a rede Produtos da Terra PR para oferecer à categoria petroleira e comunidade local itens de alimentação orgânicos e com valores justos cultivados por pequenos produtores rurais em áreas destinadas à reforma agrária. 

A partir do dia 03 de outubro, e sempre aos sábados, haverá a feira agroecológica no estacionamento da Sede do Sindipetro PR e SC, em Curitiba. O funcionamento será das 09h00 às 14h00. 

A iniciativa visa promover a cultura da alimentação saudável aliada à valorização da produção dos agricultores em assentamentos ou acampamentos. 

Cabe ressaltar que durante a pandemia serão tomados todos os cuidados necessários. O uso de máscara é obrigatório, será disponibilizado álcool em gel e o número de pessoas vai ser limitado para evitar aglomerações. É aconselhável o uso de ecobags para transportar as compras e ajudar na preservação do meio ambiente. 

Conexão Campo-Cidade

Produtos da Terra PR é uma rede colaborativa gerida coletivamente pela CCA - Cooperativa Central da Reforma Agrária do Paraná e pelo empreendimento Sinergia Alimentos Saudáveis. Também é um dos projetos abarcados pela Rede Mandala – Rede Paranaense Campo-Cidade de Economia Solidária e tem como objetivo fortalecer o vínculo campo-cidade, conectando quem produz cooperativamente com quem consome conscientemente. 

Dados da Reforma Agrária no Paraná

O Paraná tem 330 assentamentos, formados por cerca de 30 mil famílias, e aproximadamente 80 acampamentos, onde vivem mais de 7 mil famílias. A produção e comercialização de alimentos têm como bases 21 cooperativas e 51 agroindústrias, que trabalham com a industrialização de mais de 50 produtos. 

 :: Serviço

Feira de Agroecologia do Sindipetro PR e SC

Quando? Aos sábados (a partir de 03/10)

Local: Estacionamento da Sede do Sindicato

(R. Lamenha Lins, 2064, Rebouças – Curitiba)

Horário: 09h00 às 14h00

[Via Sindipetro-PR/SC]

Publicado em SINDIPETRO-PR/SC

[Da imprensa do Sindipetro Unificado-SP]

Na próxima terça-feira (28), no Dia do Agricultor, o Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) lança um mini documentário denominado “O elo da semente”. O curta-metragem de nove minutos apresenta a parceria construída com integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), com o objetivo de contribuir com a venda e distribuição de alimentos orgânicos cultivados em assentamentos da região de Campinas (SP).

A partir do diagnóstico de que a distribuição era o gargalo da cadeia de produção da reforma agrária, petroleiros e voluntários decidiram criar um grupo de WhatsApp, desde agosto de 2017, para potencializar a venda de orgânicos da Cooperativa da Agricultura Familiar de Americana, Cosmópolis, Limeira e Piracicaba (Cooperflora).

Semanalmente, os participantes se inscrevem para comprar uma cesta com cinco quilos e uma variedade de sete verduras e legumes orgânicos, selecionados a partir da colheita, pelo valor de R$ 28. Os alimentos podem ser retiradas na sede do Sindipetro Unificado-SP ou recebidos em casa, por meio de um serviço de entrega.

Em todas as etapas (produção, distribuição e consumo) desse processo, destaca-se o papel das mulheres. Uma delas é a agricultora do Assentamento Milton Santos, Ariele Caroline Contrigiani, que explica o significado da frase “se o campo não planta, a cidade não janta”, comum de ser escutada nas marchas do MST.

“Eu defendo muito que o alimento tem um papel fundamental nessa batalha das ideias. Hoje a logística é difícil, não é uma coisa simples. As pessoas da cidade não entendem o quanto são importantes para todo esse processo. Isso é uma tarefa de todo mundo”, opina Ariele.

Publicado em Trabalho

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.