Nesta terça-feira, 17, a partir das 19h, a FUP recebe convidados para mais um Encontro com a categoria, que terá como tema as eleições municipais. Na live da semana passada, os petroleiros ressaltaram a importância destas eleições na definição dos rumos políticos do país ao longo dos próximos anos.  

Hoje, os convidados irão analisar o resultado das eleições municipais e suas principais consequências, principalmente nas regiões onde a Petrobrás está sendo desmantelada. Para debater o atual quadro político, foram convidados o jornalista Efraim Neto, sócio da Veredas Inteligência Estratégica, o Seretário de Comunicação do PT na Bahia, Adolpho Loyola, os petroleiros Pedro Lúcio (diretor da FUP e do Sindipetro-RN) e Conceição de Maria (diretora do Sindipetro-NF), que disputaram as eleições municipais. Na condução e mediação do bate-papo, estará o diretor da FUP, Tadeu Porto. 

Acompanhe e participe da live pelo Youtube e Facebook da FUP, às 19h:

https://youtu.be/3HOvf43tLEI

https://www.facebook.com/fupetroleiros/posts/3606459362745065

[Imprensa da FUP]

Publicado em Política

O programa semanal da FUP Encontro com a Categoria aborda nesta terça-feira, 20, o parecer técnico-científico da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que comprova que a frequência dos casos de Covid-19 (expressa na incidência contaminados por 100 mil) entre os petroleiros é mais que o dobro da frequência registrada na população brasileira. 

Essa e outras questões que a FUP e os sindicatos vêm tratando nas reuniões semanais com o grupo de Estrutura Organizacional de Resposta da Petrobrás (EOR) serão abordadas na live de hoje, que começa às 19h (veja abaixo).


Leia também: > EOR: Parecer da Fiocruz reforça denúncias da FUP sobre negligência da Petrobrás no combate à Covid-19


Participam do programa os diretores da FUP, Raimundo Telles, e do Sindipetro-NF, Alexandre Vieira, a pós-doutora em Saúde do Trabalhador, Liliane Teixeira, o pós-doutor em Saúde Coletiva e Tecnologia da Fiocruz, Jorge Machado. e o presidente do Sindicato dos Servidores de Ciência, Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública (Asfoc), Paulo Garrido.

O Encontro com a categoria começa às 19h, nos canais da FUP no Youtube e no Facebook

Assista diretamente aqui, se preferir: 

 [Da imprensa da FUP]

Publicado em Sistema Petrobrás

O Grupo de Trabalho que trata sobre o regramento da PLR de 2021 no Sistema Petrobrás realizou terça-feira, 13, mais uma reunião. Desta vez, o tema discutido foi montante e distribuição. As próximas reuniões do GT serão sobre indicadores.

No Encontro com a categoria, que foi ao ar na noite desta terça, os diretores da FUP que participam do Grupo de Trabalho fizeram um balanço das quatro primeiras reuniões com a Petrobrás e falaram sobre os próximos passos na negociação do regramento da PLR. O programa contou também com a participação do técnico do Dieese, Cloviomar Cararine, que está assessorando a FUP no GT. Veja abaixo o link.

Montante  e distribuição

Na reunião desta terça, a FUP tornou a defender a proposta de 2018 como base para a negociação do regramento da PLR. A Petrobrás, no entanto, praticamente reafirmou a proposta de 2019, ao apresentar uma série de limitações e condicionantes para o montante e a distribuição da PLR de 2021.

Ao invés de calcular o provisionamento conforme os resultados da empresa e distribuir esse valor da forma menos desigual possível, a gestão quer limitar o montante a 6,25% do lucro líquido e a 25% dos dividendos destinados aos acionistas. Além disso, a Petrobrás insiste que a PLR deve ser somente para trabalhadores sem função gratificada e limitada ao teto de uma remuneração.

A FUP frisou sua total discordância com as diferenciações e discriminações feitas pela empresa, ao propor apenas 1 remuneração como teto da PLR, sem garantir sequer um piso, enquanto no PPP os gerentes executivos podem receber até 10,4 remunerações. É, no mínimo, questionável que a Petrobrás utilize a PLR para acentuar ainda mais as diferenciações remuneratórias já praticadas pelos gestores, inclusive através do PPP.

Para saber mais sobre as negociações, assista o Encontro com a categoria

Para acessar a live através das redes sociais, clique nos links abaixo:

Youtube:

https://youtu.be/TE1wZDedrKo

Facebook:

https://mla.bs/6ae2a95a

[FUP]

Publicado em Sistema Petrobrás

Nesta terça-feira, 15, no programa Encontro com a categoria, a FUP debaterá os próximos passos na luta contra a implantação da associação privada para gerir a AMS e pela derrubada das resoluções 22 e 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR), que alteraram as regras dos planos de saúde de empresas estatais. 

Uma das convidadas do debate é a deputada federal Érika Kokay (PT/DF), autora do Projeto de Decreto Legislativo (PDC 956/2018), que susta os efeitos da Resolução 23. A proposta foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados Federais e aguarda análise do plenário.

O Encontro com a categoria também discutirá estratégias de fortalecimento da campanha Petrobrás Fica e outras formas de resistência contra as privatizações no Sistema Petrobrás. O programa contará com a participação do senador Jean Paul Prates (PT/RN), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobrás

O Encontro vai ao ar nesta terça, às 18h30, ao vivo, pelo canal da FUP no youtube, com transmissão também pelo facebook

Assista e compartilhe o link: 

Publicado em APOSENTADOS

O Encontro com a categoria desta terça, 08, voltou a esclarecer dúvidas dos trabalhadores sobre a contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho apresentada pela gestão do Sistema Petrobrás, após negociação com as entidades sindicais. 

Participaram do programa o coordenador geral da FUP, Deyvid Bacelar (Sindipetro-BA), e os diretores Cibele Vieira (Unificado-SP), Guilherme Carvalho (Sindipetro-MG) e Fátima Viana (Sindipetro-RN).

As assembleias para deliberar sobre a proposta de Acordo Coletivo se intensificam ao longo desta semana, reta final do calendário indicado pela FUP. Em todos os sindicatos filiados que iniciaram a consulta, os trabalhadores estão aprovando o ACT. Veja aqui o quadro atualizado.

O Encontro com a categoria vai ao ar todas as terças, sempre às 18h30, com transmissão pelo canal FUP Brasil no YouTube e pelo perfil da FUP no Facebook. 

Veja a íntegra do último programa: 

Publicado em Sistema Petrobrás

Nesta quinta-feira, 03, a live semanal da FUP teve novamente como tema a AMS e o Acordo Coletivo de Trabalho. O diretor da FUP, Paulo César Martin, conduziu o debate, que teve como convidados o assessor econômico do Dieese, Cloviomar Cararine, a assessora jurídica da FUP, Jessica Caliman, e o diretor da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos (FENATECT), Emerson Marinho.

Eles explicaram todos os aspectos econômicos, jurídicos e políticos da última contraproposta de Acordo Coletivo da Petrobrás e suas subsidiárias. Também foi apresentado um simulador para orientar os trabalhadores e aposentados sobre como ficarão as suas contribuições com as novas tabelas da AMS.

 Assista a íntegra: 

Publicado em APOSENTADOS

Em reunião virtual do Conselho Deliberativo, na tarde desta quarta-feira, 26, a FUP e seus sindicatos avaliaram as minutas de Acordo Coletivo apresentadas pela Petrobras e subsidiárias, junto com as assessorias jurídica e econômica. Foram identificados pontos nos textos que não estão de acordo com o que foi apresentado pelos gestores na reunião de negociação realizada na segunda-feira, 24.

Diante disso, as direções sindicais decidiram suspender a reunião do Conselho Deliberativo, enquanto aguardam um posicionamento dos representantes do Sistema Petrobrás. O Conselho volta a se reunir na tarde de quinta-feira, 27.

Ainda nesta quarta, 26, a direção da FUP avaliou a última rodada de negociação com a empresa no programa Encontro com a Categoria, que foi transmitido ao vivo pelo canal do Youtube e no Facebook. 

Assista a íntegra:

Publicado em Sistema Petrobrás

A FUP realizou nesta quinta-feira, 20, mais uma live que terá como tema a AMS. O assessor econômico do Dieese, Cloviomar Cararine, e o diretor da FUP e do Sindipetro-NF, Rafael Crespo, falaram sobre os impactos da negociação do Acordo Coletivo para o plano de saúde dos petroleiros da ativa, aposentados e pensionistas do Sistema Petrobrá.

A proposta apresentada pela gestão Castelo Branco foi massivamente rejeitada em todas as bases da FUP, pois, além de retirar direitos e congelar os salários dos trabalhadores, aumentaa absurdamente o desconto da AMS para os beneficiários que têm mais de 58 anos de idade. Ou seja, mais de 90% dos aposentados e pensionistas estão com o direito adquirido na AMS ameaçado.

Nas lives anteriores sobre o tema, a FUP também debateu e comentou os prejuízos que os beneficiários terão se a gestão da AMS for entregue a uma associação privada. No programa da semana passada, o coordenador da FUP, Deyvid Bacelar, e o secretário geral da FNP, Adaedson Costa, que ressaltaram as frentes conjuntas de luta contra os ataques da gestão ao plano de saúde e a tentativa de privatização da AMS, através da implantação dessa associação.

Quem não assistiu ao vivo o debate desta quinta, pode ver a íntegra do video no link abaixo ou na página do Facebook

 

 

Publicado em APOSENTADOS

Os sindicatos da FUP concluíram as assembleias em praticamente todo o país (somente no Rio Grande do Sul, ainda há assembleias até amanhã) e o resultado foi um retumbante não à contraproposta da gestão Castello Branco. Em diversas bases, os indicativos da FUP foram aprovados por unanimidade e na demais, com mais de 90% de aceitação.

Os petroleiros também referendaram a proposta da FUP de prorrogação do Acordo Coletivo de Trabalho, enquanto durar o estado de calamidade pública e um novo acordo não for pactuado com as empresas do Sistema Petrobras.

As assembleias foram realizadas ao longo da última semana, em modo virtual e presencial, com todos os cuidados necessários para a segurança dos trabalhadores. 

Nesta terça-feira, 18, no programa semanal Encontro com a categoria, a direção da FUP irá avaliar o resultado das assembleias e divulgar os próximos passos da negociação do Acordo Coletivo.

É importante que os trabalhadores participem, enviem dúvidas e comentários pelo chat.

Encontro com a categoria

Hoje, terça-feira, 18, às 19h30

Youtube:

https://youtu.be/9ojpBNCUHiw

Facebook:

https://mla.bs/b1163a5a

#PetrobrasFica 

#ACTFica

Quadro final de assembleias:


Indicativos da FUP > Rejeição da contraproposta da Petrobras e subsidiárias > Aprovação da prorrogação/renovação do atual Acordo Coletivo


Espírito Santo – indicativos da FUP foram aprovados por 97% dos trabalhadores

Ceará/Piauí – os indicativos da FUP foram aprovados por unanimidade

Pernambuco/Paraíba –  indicativos da FUP foram aprovados por unanimidade

Bahia – indicativos da FUP foram aprovados por 98,35% dos trabalhadores

Unificado de São Paulo - indicativos da FUP sendo massivamente aprovados

Paraná/Santa Catarina - 90% dos trabalhadores rejeitaram a contraproposta da Petrobras e 93% foram favoráveis à renovação do ACT

Minas Gerais – 98% dos trabalhadores rejeitaram a contraproposta da Petrobras e 100% foram favoráveis à renovação do ACT

Rio Grande do Norte – indicativos da FUP foram aprovados por 96,16% dos trabalhadores

Amazonas – indicativos da FUP foram aprovados por unanimidade

Norte Fluminense – 97,39% dos trabalhadores rejeitaram a contraproposta da Petrobras e 98,06% foram favoráveis à renovação do ACT

Duque de Caxias – indicativos da FUP foram aprovados por unanimidade

Rio Grande do Sul (assembleis terminam dia 19) –  indicativos da FUP sendo massivamente aprovados

[Da imprensa da FUP] 

Publicado em Sistema Petrobrás

Nas últimas lives que a FUP realizou sobre a Petros, os convidados explicaram para os participantes e assistidos como foram definidos os valores do equacionamento dos Planos Petros do Sistema Petrobrás (PPSPs) e as formas de pagamento do resíduo do PED 2015.

Foi informado sobre as ameaças e prejuízos da proposta de migração para o novo PP3, da intensa campanha para desmoralizar a imagem da Petros, Funcef, Postalis e outros Fundos de Pensão das estatais, para facilitar a transferência dos seus planos e dos seus bilionários recursos financeiros para os bancos e seguradoras.

Esta semana, convidamos os nossos Conselheiros Deliberativos eleitos, Norton Almeida e André Araújo, para falar sobre todas essas ameaças, como podemos nos defender desses ataques e a real situação econômica e financeira dos nossos planos de previdência na PETROS: os PPSPs e o PP2.

Eles falarão também sobre a gestão da Petros e as diversas propostas que os petroleiros deliberaram no 18º CONFUP, visando reduzir os descontos dos equacionamentos dos PPSPs, bem como melhorar a gestão da Petros e dos planos que ela administra.

Você já sabe, nosso programa vai ao ar, toda quinta, a partir das 10 horas. 

Para acessar diretamente o programa, clique abaixo:

Youtube: https://youtu.be/lnpsA41BJPs

Facebook: https://mla.bs/e4e7045f

 

Publicado em Sistema Petrobrás
Página 1 de 2

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram